Translate

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Discovery - Fator Desconhecido - Umbanda



O programa conta história da brasileira que com problemas na coluna, contraria os médicos e busca na Umbanda a cura. Gravado no Terreiro do Pai Maneco localizado na cidade de Curitiba/PR.


____
Fonte: YouTube/(www.paimaneco.org.br)




segunda-feira, 27 de julho de 2009

A chave do poder mental - pensamento


"Nós todos possuímos a chave da porta. E da salvação, eternamente. Nós possuímos a chave da a mente e do futuro da Humanidade".
Stratovarius - Whe Hold The Key

domingo, 26 de julho de 2009

26 de julho - Nanã Burukê - Sant'Ana




Santa Ana ou Sant'Ana é venerada pela Igreja Católica e também pela Umbanda e Candomblé por seu sincretismo com a Orixá Nanã Burukê; seu principal templo é Betesda, Basílica de Santana, e sua festa litúrgica é comemorada hoje, dia 26 de Julho. 

Também chamada de Nanã Buruku, esta é uma Orixá muito antiga, que em diversos mitos aparece como co-criadora do mundo (no mesmo patamar de Oxalá e de Olorum). É uma das esposas de Oxalá (ao lado de Iemanjá) e em muitas regiões brasileiras recebe o carinhoso apelido de Vovó. 

Tem como atributos a fecundidade, a riqueza e o ciclo de morte e renascimento. Seu domínio é a lama, mistura de terra e água que simboliza a origem da vida. No sincretismo religioso, está associada a Santa Ana, mãe de Maria e avó de Cristo.

Conheça mais sobre Nanã, Santa Ana (Sant'Ana), suas orações e lenda no site Nanã Burukê, mudando até no espaço o laço que não se vê. clique aqui...

"Que Nanã, com toda a sua sabedoria, transforme todos os sentimentos e ações necessárias para o desenvolvimento espiritual; que a saúde impere, o amor prevaleça e que a fartura seja o suficiente para socializar junto aos amigos, conhecidos e desconhecidos."

sábado, 25 de julho de 2009

No quê acreditar?

"Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque está escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o."

Buda

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Conhecendo as três formas de preguiça





"A preguiça interrompe o progresso de nossa prática espiritual. Podemos ser ludibriados por três formas de preguiça: a que se manifesta como indolencia, que é o desejo de adiar; a que se manifesta como sentimento de inferioridade, que é duvidar da própria capacidade; e a que se manifesta com a adoção de atitudes negativas, que é dedicar um esforço excessivo àquilo que não é virtude."
S.S. Dalai-Lama


quinta-feira, 23 de julho de 2009

Umbanda vira patrimônio imaterial do estado

RIO (O GLOBO) - Menos de uma semana depois de o Candomblé ter virado patrimônio imaterial do estado, o governador Sérgio Cabral sancionou, nesta quarta-feira, a Lei 5.514/09, de autoria do deputado Gilberto Palmares (PT), que confere o mesmo título à Umbanda. A medida foi comemorada por religiosos e vista como uma forma de combater a intolerância:

"A partir do momento em que os cultos viram patrimônio, eles passam a ser mais divulgados, diminuindo a intolerância e a violência", comentou, em nota, Palmares, que também é autor da lei que declara o Candomblé como patrimônio imaterial do estado.

Para a professora de antropologia da UFRJ e autora do livro "Guerra de Orixá", Yvonne Maggi, o tombamento é uma forma de dar legitimidade à religião, além de preservar seus aspectos culturais:

- A Umbanda foi criada no Rio de Janeiro dos anos 20 por um grupo que se separou do Kardecismo, mas que não queria assumir todos os ideais do Candomblé. O tombamento preserva essa cultura. O mais difícil é mudar a relação cotidiana entre os fiéis de várias religiões.

A diretora da Congregação Espírita Umbandista do Brasil (CEUB) Fátima Damas espera que a lei faça com que a crença seja vista com outros olhos:

- Estou muito feliz. É uma coisa que queríamos muito. Nossa religião é genuinamente brasileira, mas a sociedade não a vê como tal. O problema é que a falta de conhecimento faz com que muitos tenham preconceito.

Ela ressalta que, apesar do tombamento, a luta contra a intolerância continua. No dia 20 de setembro, religiosos pretendem fazer a Segunda Caminhada Pela Liberdade Religiosa, no Posto 6, em Copacabana.

- Queremos fazer uma caminhada nacional e reunir cerca de 100 mil pessoas. Vários estados já estão organizando ônibus para vir. Só falta a prefeitura aprovar - afirma Fátima.

Fonte (transcrição): Jornal O Globo - edição eletrônica de 23 de julho de 2009

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Fumo e bebida nos Terreiros - Incorporou, bebeu, não dirija

Finalmente encerrou-se o impasse quanto ao uso de fumo em Terreiros de Umbanda, Candomblé, rituais afro-descendentes e xamanismo. O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, mostrou atitude de respeito para com a Umbanda, alterando o texto da Lei que proibiria o fumo em "Casas de Culto". Na Umbanda o fumo é elemento indissociável da prática ritual. Assim ficou assegurado o direito de liberdade religiosa dos Umbandistas e Candomblecistas, pois a lei antitabagista, ou qualquer outra que venha a ser criada, não pode ferir a integridade da liturgia ritual destas religiões.

Tem gente que ainda discute o uso de fumo e bebida nos rituais de Umbanda, particularmente não vejo motivo para tal. Parece simples... a entidade pede aqueles elementos para trabalhar, a entidade terá estes ao seu dispor. Trabalho com entidades que bebem e outras não, meu Ogum sempre bebeu agua, mas não dispensa o charuto. Quando comecei a trabalhar com Exu, meu compadre bebia uma garrafa de conheque e outra de marafo, as duas numa Gira só; hoje quando trabalhamos juntos ele costuma pedir um copo d'agua no qual derrama apenas um puquinho de cachaça. Não que pense ser questão evolutiva do médium ou muito menos do Orixá, creio sim que a questão depende da demanda. Exu também não dispensa o charuto e usa bebida alcólica forte, nem sempre para ingestão, em alguns trabalhos, depende o caso e cada um tem sua particularidade.

Não são poucos os médiuns que não bebem e nem fumam, mas que seus guias bebem e fumam. Existem também aparelhos que param de beber e de fumar por orientação espiritual, mas continuam a fazer uso destes elementos enquanto incorporados. A questão quanto a bebida nos Terreiros vem de encontro a Lei Seca, como esta norma social vale para quem está dirigindo automóveis os espíritos devem entendê-la perfeitamente. Cabe, creio, ao cambone ou pessoal do meio, avisar as entidades quando estas incorporam em médiuns que precisam voltar para casa dirigindo. Geralmente, numa incorporação bem sucedida, os espíritos levam o álcool consigo quando sobem, mas não podemos abusar ou correr o risco de termos a carteira de motorista apreendida. Não são poucos os que afirmam que seus guias levam tudo, não deixam nenhuma gota de álcool no sangue, nem resquício de nicotina em seu organismo, muito menos hálito ou cheiro de fumaça em seu corpo. Porém, ao menos enquanto a lei não prevê tolerância para o uso ritual da bebida antes da condução de veículos, devemos optar por pegar um taxi, uma carona, ou pedir que outra pessoa conduza o veículo automotor, afinal umbandista não é contraventor.

Como é de conhecimento histórico geral, tudo o que é sagrado quando profanado traz sofrimento e doença, aconteceu assim com conhecidas ervas sagradas e de poder, das quais podemos citar: "maconha", "cocaína", "fumo", "café", "mescalina", dentre outras. No caso do uso sagrado e terapêutico do álcool e do fumo, elementos de magia por excelência, acontece o mesmo. Não devemos profanar estes elementos que são de uso ritual nos trabalhos. Para quem não sabe, o fumo traz em si os elementos: vegetal, terra (sua origem), fogo (quando aceso), ar (onde expende a fumaça) e água (sua umidade relativa); o álcool também traz os mesmos elementos: vegetal (de sua origem na cana), terra (que sustenta a cana), fogo (sua potencialidade para combustão), ar (por ser um tanto volátil) e água (pois se trata de um liquido). Estas propriedades mágicas agem diretamente no éter, trazendo maior poder à canalização da sutil energia cósmica usada pelos espíritos na interação com a matéria.

Se as entidades zelam por nossa saúde, com certeza estão cientes em estar fazendo o bem, ou não, enquanto fumam e bebem utilizando nosso corpo como aparelho. As entidades espirituais, algumas vezes, parecem aos leigos estar fumando e bebendo de forma profana, mas não, estes guias fazem uso do fumo e da fumaça para fazer uma defumação direcionada, unindo o sopro, intenção e elemento para alcançar certo resultado mágico. Com o uso da bebida é sua volatilidade que empresta ao espírito o elemento de que necessita para trabalhar, também por várias vezes as propriedades farmacológicas do álcool são aproveitadas. Tendo em vista o já exposto, não vejo nem sinto necessidade em tragar o fumo manipulado nem de beber algo além de um ou dois copos ou doses durante todo um trabalho.

Os excessos devem ser evitados sempre, dentro e fora dos Terreiros. A Sagrada Lei de Umbanda fala na consciência de cada um de nós, a ética e o bom senso devem ser a meta e a regra para o bom desenvolvimento espiritual, buscando um computo final positivo nos trabalhos de magia. A observancia das leis do homem também se faz relevente, não podemos desrespeitá-las, menores de idade não devem fumar nem beber, incorporados ou não. Imperando o bom senso, sem duvidar da fé, mesmo quando sentir que seu guia "levou tudo", lembre-se: podemos ter esta sensação, onde realmente uma entidade pode levar boa parte do etílico, no entanto quimicamente, salvo exceções de fenômenos da desmaterialização, podem ficar resquícios químicos no corpo. Assim sendo: "Se incorporou e bebeu, não dirija". Lembre-se sempre que Umbanda é coisa séria pra gente séria.

Abaixo o trecho da lei anti-fumo, aprovada em São Paulo, na qual são isentos os locais de culto:

fonte: GABINETE DO PREFEITO

Prefeito: GILBERTO KASSAB

LEI Nº 14.893, DE 28 DE JANEIRO DE 2009

(Projeto de Lei nº 497/08, da Vereadora Claudete Alves – PT)

Acrescenta parágrafo único ao art. 1º da Lei nº 14.805, de 4 de julho de 2008, e dá outras providências.

GILBERTO KASSAB, Prefeito do Município de São Paulo, no uso das atribuições que lhe são conferidas por lei, faz saber que a Câmara Municipal, em sessão de 16 de dezembro de 2008, decretou e eu promulgo a seguinte lei:

Art. 1º Fica acrescido parágrafo único ao art. 1º da Lei nº 14.805, de 4 de julho de 2008, com a seguinte redação:

“Art. 1º……………………….………………………..

Parágrafo único. “Excetua-se do inciso XVII o compartimento do templo ou casa de culto em que sejam realizados rituais que utilizem produtos fumígenos oriundos do tabaco.”

Art. 2º O Poder Executivo regulamentará a presente lei no prazo de 60 (sessenta) dias, contados da data de sua publicação.

Art. 3º As despesas com a execução desta lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

Art. 4º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

leia a lei na integra : http://www.umbandaemfoco.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=31

E o Paraná segue o exemplo de São Paulo adotando as seguintes medidas:

Proibido: Fica proibido fumar em recintos coletivos fechados por paredes ou divisórias.

Vetados: Bares; boates; restaurantes; casas de espetáculos; praças de alimentação; hotéis; pousadas; táxis; veículos de transporte coletivo e viaturas oficias; centros comerciais; igrejas; supermercados; padarias; açougues; padarias; farmácias; áreas comuns de condomínios; ambientes de trabalho, estudo, lazer ou esporte; repartições públicas; hospitais; escolas; museus; e bibliotecas.

Liberado: Na rua; dentro da própria casa; centros religiosos nos quais o fumo faça parte do rito; instituições de saúde nos quais o cigarro for autorizado por médicos; em estabelecimentos destinados exclusivamente ao consumo de produtos fumígenos, como tabacarias.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Os Santos e os Orixás na cultura afro-descendente

"Os Santos, como heróis semideuses da mitologia greco-romana, dimensionam-se dentro da história. Os Orixás, como os Deuses, são mitos cuja existencia antecede a espécie humana. Suas funções estão ligadas à justificativa e formação do mundo natural. O fato dos Orixás passarem a ser representados, sob coação do terror escravocrata, por imagens católicas, serviu apenas para preservar seus conteúdos metafísicos. A imposição branca foi mais eficiente ao nível da forma representativa. Não conseguiu substituir os conteúdos dos Orixás - símbolos da Natureza - por personalidades históricas. Essa substituição de conteúdo foi, por sua vez, fracamente tentada no Brasil pela colonização portuguesa. A colonização inglesa, ao contrário, exigiu do escravo convertido um conhecimento maior das escrituras judaico-cristãs, ou seja, maior deculturação. Para o colonizador ibérico, bastava que o escravo fosse batizado, confessasse, recebesse a comunhão, soubesse algumas preces e frequentasse missa. O catecismo vulgar e superficialmente pregado aos negros escravos não poderia de modo algum substituir a cosmovisão da cultura negra, elaborada durante os milenios de sua existencia."

Bentto de Lima - Malungo - pg.204

segunda-feira, 20 de julho de 2009

sábado, 18 de julho de 2009

Candomblé é declarado patrimônio do Estado do Rio

O Candomblé foi declarado patrimônio imaterial do Estado do Rio de Janeiro. A lei foi sancionada pelo governador em exercício Luiz Fernando de Souza Pezão e publicada ontem no Diário Oficial. O projeto foi proposto pelo deputado Gilberto Palmares (PT). O mesmo projeto para a Umbanda já foi aprovado pela Alerj e aguarda sanção do governador.

A Comissão de Combate à Intolerância Religiosa comemorou a notícia nesta sexta. Para Jorge Mattoso, secretário da comissão, a lei vai ajudar a diminuir o preconceito.

- Para a gente foi muito importante. Vai significar um resgate da auto-estima e elevar o respeito frente a atos de intolerância religiosa. Isso vai abrir portas, pois vamos poder fechar convênios com várias entidades.

Mattoso espera que a lei estadual ajude na aprovação de uma lei federal. A comissão fez um encaminhamento do pedido, durante a 2ª Conferência de Igualdade Racial, realizada em junho, em Brasília.

Fonte: O Globo - http://oglobo.globo.com/rio/bairros/posts/2009/07/17/candomble-declarado-patrimonio-do-estado-do-rio-205898.asp

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Oração Umbandista da Nova Era

Da linha originária na luz de Zambi flua luz às mentes dos homens, que a Luz de Oxalá ilumite toda Terra;
Do amor de Zambi flua a linha vibratória que faz chegar o amor aos corações dos habitantes deste planeta;
Que Oxalá retorne em Cristo e que a centelha de seu divino amor possa abrasar toda Terra;
Do astral superior irradie com mais ardor a Lei que guia a vontade humana, a sagrada Lei que os Mestres conhecem e servem;
Aqui, nas esferas onde vive a raça humana e seus espíritos cumpra-se o plano divino de amor e de luz,
Que se fechem por mil anos os portais d'onde as trevas emanam o mal;
Que a luz, o amor e o poder de Oxalá restabeleçam o plano de Zambi sobre este planeta;
Que os Orixás façam cumprir a sagrada Lei, sem custo, sem dor: com luz, paz e amor.
(RSJ - 17/07/2009)

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Intolerantes a solta novamente - denuncie!

Canal funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, para denúncias de violações aos direitos humanos - o cidadão pode denunciar todo tipo de ato dessa natureza – entre eles, naturalmente, o desrespeito à diversidade religiosa. As denúncias feitas pelo Disque 100 – e os dados fornecidos pelo denunciante – são importantes para que órgãos do governo que representam minorias sociais tenham subsídios para desenvolver políticas de combate à intolerância religiosa.

Informações necessárias para denúncia 

  1. Quem sofre a violência? (Vítima)
  2. Qual tipo violência? (Violência física, psicológica, maus tratos, abandono etc.)
  3. Quem pratica a violência? (Suspeito)
  4. Como chegar ou localizar a Vítima/Suspeito
  5. Endereço (estado, município, zona, rua, quadra, bairro, número da casa e ao menos um ponto de referência concreto e que define um lugar específico)
  6. Há quanto tempo? (frequência)
  7. Qual o horário?
  8. Em qual local?
  9. Como a violência é praticada?
  10. Qual a situação atual da vítima?
  11. Algum órgão foi acionado?
EM TODO PAÍS, DISQUE 100 PARA DENUNCIAR CASOS DE INTOLERÂNCIA

segunda-feira, 13 de julho de 2009

O amor por William Blake




"O amor não busca agradar a si mesmo, nem destina qualquer cuidado a si próprio, mas se dá facilmente ao outro, e constrói um Paraíso no desespero do Inferno."

William Blake


domingo, 12 de julho de 2009

Não desista nunca, levante-se e lute

"Não se deixe abater pelo desânimo!
Não queira jamais abandonar a vida, porque isso nada resolve, e agravará ainda mais seus sofrimentos.
Se você pensa que, fugindo, se sentirá aliviado, engana-se redondamente!
Não se vingue dos outros, fazendo mal a si mesmo!
Reaja com todas as suas forças, e não se deixe esmagar pela incompreensão alheia."

Torres Pastorino - Minutos de Sabedoria

sexta-feira, 10 de julho de 2009

'O primeiro passo em direção ao sucesso é o conhecimento'



“Nossas virtudes e nossas falhas são inseparáveis, como a energia e a matéria. Quando elas se separam, não mais existe o homem” 

(Our virtues and our failings are inseparable, like force and matter. When they separate, man is no more).

Nicola Tesla VII



quinta-feira, 9 de julho de 2009

Prece pelos inimigos do espiritismo




"Senhor, vós nos dissestes nas palavras de Jesus, vosso Messias: Bem-aventurados os que sofrem perseguição por amor à justiça; perdoai aos vossos inimigos; orai por aqueles que vos perseguem. E Ele mesmo nos mostrou o caminho ao orar por seus martirizadores.

Seguindo o exemplo de Jesus, Meu Deus, suplicamos vossa misericórdia para aqueles que desconhecem vossas divinas leis, as únicas que podem assegurar a paz neste mundo e no outro. Como o Cristo, nós também dizemos: Perdoai-lhes, Pai, pois eles não sabem o que fazem.

Dai-nos a força para suportar com paciência e resignação suas zombarias, injúrias, calúnias e perseguições como provas de nossa fé e de nossa humildade; desviai-nos de todo o pensamento de vingança, pois a hora de vossa justiça chegará para todos, e nós a esperaremos ao nos submeter à vossa santa vontade."

Assim seja!"

Do Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec

quarta-feira, 8 de julho de 2009

A mais célebre frase de um gênio da humanidade

"Os ideais que iluminaram meu caminho e sempre me deram coragem para enfrentar a vida com alegria foram a Verdade, a Bondade e a Beleza".

Albert Einstein (*1879 / +1955)

terça-feira, 7 de julho de 2009

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Oração a Oxalá



"Não me abandone nessa luta meu Pai,
Seja Oxalá o meu guia,
Que sua Luz sempre brilhe pra mim,
Seja de noite ou de dia;
Fém em Deus, paz na Guia,
Zambi me leva, Zambi me traz,
Com Oxalá e Ogum em minha companhia."

*Rezar todo dia quando sair e quando chegar em casa

domingo, 5 de julho de 2009

Seja forte, não desanime!


"SEJA forte nos embates da vida e não desanime se o sofrimento o visitar, em sua pessoa ou nas pessoas que lhe são caras.
O sofrimento, além de purificar-nos, realiza o aprimoramento de nossa força interna.
Ninguém consegue passar de ano sem prestar exame.
Ninguém consegue progredir, sem sofrer o exame da natureza, que verifica se realmente sabemos ser fortes, suportando as dores."

Torres Pastorino
Minutos de Sabedoria

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Liberdade

"Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que explique e ninguém que não entenda."
Cecília Meireles

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Óleos essenciais e suas propriedades místicas






Os óleos essenciais podem ser usados para perfumar as mãos e as velas. Os óleos essenciais são substâncias voláteis extraídas de plantas aromáticas, constituindo matérias-primas de grande importância para as indústrias cosmética, farmacêutica e alimentícia. 

Essas substâncias orgânicas, puras e extremamente potentes são consideradas a alma da planta e são os principais componentes bioquímicos de ação terapêutica das plantas medicinais e aromáticas. Dentre outras vária utilizações você a mais popular é para perfumar a casa, para atrais boas vibrações e proporcionar bem-estar.

Alecrim: Indicado para esgotamentos físicos e mentais, dispersão e apatia. Pessoas hipertensas e angustiadas se beneficiam com inalação do aroma de alecrim.

Amêndoa: Utilizado para magias amorosas e restabelecimento da saúde física e mental.

Cedro: Utilizado como sedativo e relaxante, principalmente em dores musculares e crises de asma. No nível sutil é utilizado como símbolo do perdão ou para estimular a concentração meditativa.

Cipreste: Favorece a alquimia interior, a transmutação. Pode-se usar para meditação em grupo.

Gerânio: Indicado para aqueles que estão em busca do potencial criativo, que deseja romper com situações de acomodação ou medos desconhecidos.

Hortelã: Facilita assimilação de idéias, comunicação e auto-expressão. Devolve o bom humor.

Jasmim: O jasmim simboliza o deus do amor "Kama", segundo os rituais hindus. Na China é usado para comemorar o Ano Novo. Usado para purificar ambientes onde existem pessoas doentes, e em locais de discórdia e agressividade.

Lavanda: Oriunda do latim "lavare", se destina à purificação. Também organiza os pensamentos, e se for passada nas têmporas alivia dores de cabeça.

Manjericão: Está associado ao discernimento, coragem, força física, propósito, justiça e harmonia.

Mirra: Está associado a nossa luz interior, criatividade, dinamismo, liderança e ação.

Olíbano: Acalma e desperta a consciência superior e concede o perdão às nossas culpas.

Rosa: Traz alegria, felicidade e harmonia ao lar.

Sândalo: Muito usado em rituais de purificação e meditação, pois acredita-se que tem propriedades de libertação mental. Indicado para ansiedade, medo, repressão ou apatia sexual. Aplica-se uma gota no meio da testa para para que tenhamos a verdadeira visão dos fatos.

Recomendado para você

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Hipocrisia, fardo pesado



"Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve." Mt 11:28-30

"Perdoai-nos Senhor, por nossa hipocrisia cotidiana. Princípios bonitos nos transbordam da boca, escritos em mensagens de Páscoa e Natal, ornamentadores de discursos, agregadores de prédicas, colados nos átrios das instituições e no quadro de avisos de empresas. Frases melosas recortadas em agendas, proclamadas aos filhos e os jovens em formaturas e eventos. Tudo falsidade, contos da Carochinha nas tardes de hospícios.

Dinheiro não traz felicidade. Mas por ele vivemos, uns trabalham, outros roubam. O elixir da juventude eternamente buscado. Na sua falta, assume o estresse, uma angústia inexplicável cava úlceras no estômago. A família nos acusa de derrotados, a sociedade nos impinge o desprezo, os pretensos amigos nos ridicularizam.

As aparências enganam, o essencial é invisível aos olhos. E abarrotam-se as clínicas de plásticas sobre o visível. Cultivamos o corpo, valorizamos a roupa e o automóvel, pensamos por um mês ou mais nas roupas de uma festa. 

Como são importantes as colunas sociais com seu a comentários sobre chiques e bregas, seus elogios ao fútil e ao efêmero. E promovemos concurso de beleza, e compramos revista de decoração. Decoramos a casa e o escritório com os tons do momento, e contratamos assessores visuais na arquitetura de lojas e igrejas. E pintamos o cabelo, Senhor, fazemos implantes, clareamos os dentes e colocamos aparelho. Rejeita-se o feio, o gordo, o velho. Nas feiras e bancos, na televisão e nos restaurantes, as moças bonitos e os moços sarados lideram as frentes.

Todos são iguais perante a lei. Na prática, há muitos pesos e medidas. Somos todos diferentes. Algumas penas, inexplicavelmente se abrandam; outras, imperiosamente, se agravam. A terra do presidente não se iguala à dos índios. A uns, empréstimos; a outros, impostos. Pobre sempre mata por motivo fútil, rico age por violenta emoção.

A vida é o mais importante, dizem as camisetas. E fumamos, e bebemos, e usamos drogas. Senhor, é justa a morte na defesa dos bens com suor adquiridos, não achais? Matar pela honra é nobre. Contaminamos a água, envenenamos a terra, cobramos royalties por remédios. Salvar o sistema financeiro é mais importante do que matar a fome. Fazemos armas, e encarceramos os homicidas. Fabricamos carros potentíssimos, e penalizamos os velozes.


Estudar é preciso, insiste o pai no almoço. À tarde, idolatramos os jogadores de futebol analfabetos ganhando mais que juízes e professores universitários. No outro dia, a mãe tira a filha da escola para um teste na agência de modelos. Ontem, o bebê filmou um comercial de shopping.

A cultura salvara o país, Senhor, diz a apresentadora de televisão. Logo depois, entrevista um cantor milionário e ignorante que opina professoralmente sobre as relações familiares e o futuro do jovem, no país onde bundas vendem mais que Chico Buarque. 

Nação consumidora de revista de fofoca, que crê ser Raquel de Queiroz uma personagem de novela mexicana. Quantos apreciam o teatro, o cinema de qualidade, os recitais de música? Por que sabemos mais de Joana Prado que de Amélia Prado?

Perdoai-nos, Senhor, por nossa hipocrisia. Perdoai-nos porque não só não sabemos o que é feito, o que é dito, o que é visto, o que é desejado, o que somos, o que esperamos, o que valorizamos. Nem sequer sabemos o que escrevemos e o que rezamos.

Mas eu desejo mudar, Senhor. Prefiro a felicidade ao dinheiro, a essência à aparência, a justiça ao privilégio, a vida à economia, o estudo à fama, a cultura ao consumo, a espiritualidade às coisas. Amém!

P.S -Senhor, desculpai-me, mas acho que me empolguei um pouco. Deixa-me pensar mais no assunto. Preciso terminar minha leitura de Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas. Aliás, você como Deus tem um enorme potencial sabia?"

De Pablo Morenno

Pablo Morenno nasceu em 21.05.1969, em Belmonte, SC, e atualmente mora em Passo Fundo, RS. É licenciado em Filosofia e bacharel em Direito; professor de Espanhol em cursinhos pré-vestibular, músico e servidor público federal do Tribunal Regional do Trabalho/4ª Região, pinta nas horas vagas. Escreve uma coluna semanal de crônicas no jornal O Nacional, de Passo Fundo RS, e Nossa Cidade de Marau-RS. Colabora com os jornais Zero Hora, Direito e Avesso, e com sites de leitura e literatura. É Membro da Academia Passofundense de Letras, ocupando a cadeira cujo patrono é Érico Veríssimo. Como animador cultural e escritor, participa de projetos de leitura do IEL- Instituto Estadual do Livro do RS e de eventos literários no Rio grande do Sul e Santa Catarina. Com suas palestras interdisciplinares e descontraídas, utilizando-se de histórias e da música, conversa com crianças, jovens, pais, professores e idosos sobre a importância da leitura e da arte na vida.

"O hipócrita com a boca arruína o seu próximo; mas os justos são libertados pelo conhecimento." Prov 11:9

Recomendado para você