Translate

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Proteja-se!





1. NÃO TEMA NINGUÉM 

Uma das armas mais eficazes na subjugação de um ser é impingir-lhe o medo. Sentimento capaz de uma profunda perturbação interior, vindo até a provocar verdadeiros rombos na aura, deixando o indivíduo vulnerável a todos os ataques. Temer alguém significa colocar-se em posição inferior, temer significa não acreditar em si mesmo e em seus potenciais; temer significa falta de fé. O medo faz com que baixemos o nosso campo vibracional, tornando-nos assim vulneráveis às forças externas. Sentir medo de alguém é dar um atestado de que ele é mais forte e poderoso. Quanto mais você der força ao opressor, mais ele se fortalecerá. 

2. NÃO SINTA CULP

Assim como o medo, a culpa é um dos piores estados de espírito que existem. Ela altera nosso campo vibracional, deixando nossa aura (campo de força) vulnerável ao agressor. A culpa enfraquece nosso sistema imunológico e fecha os caminhos para a prosperidade. Um dos maiores recursos utilizados pelos invejosos é fazer com que nos sintamos culpados pelas nossas conquistas. Não faça o jogo deles e saiba que o seu sucesso é merecido. Sustente as suas vitórias sempre! 

3. ADOTE UMA POSTURA ATIVA 

Nem sempre adotar uma postura defensiva é o melhor negócio. Enfrente a situação. Lembre-se sempre do exemplo do cachorro: quem tem medo do animal e sai correndo, fatalmente será perseguido e mordido. Já quem mantém a calma e contorna a situação pode sair ileso. Ao invés de pensar que alguém pode influenciá-lo negativamente, por que não se adiantar e influenciá-lo beneficamente? Ou será que o mal dele é mais forte que o seu bem? Por que será que nós sempre nos colocamos numa atitude passiva de vítimas? Antes que o outro o alcance com sua maldade, atinja-o antecipadamente com muita luz e pensamentos de paz, compaixão e amor. 

4. FIQUE SEMPRE DO SEU LADO 

A maior causa dos problemas de relacionamentos humanos é a “Auto-Obsessão”. A influência negativa de uma pessoa sobre outra sempre existirá enquanto houver uma idéia de dominação, de desigualdade humana, enquanto um se achar mais e outro menos, enquanto nossas relações não forem pautadas pelo respeito mútuo. Mas grande parte dos problemas existe porque não nos relacionamos bem com nós mesmos. 


“Auto-Obsessão” significa não se gostar, não se apoiar, se autoboicotar, se desvalorizar, não satisfazer suas necessidades pessoais e dar força ao outro, permitindo que ele influencie sua vida, achar que os outros merecem mais do que nós. Auto-obsediar-se é não ouvir a voz da nossa alma, é dar mais valor à opinião dos outros.Os que enveredam por esse caminho acabam perdendo sua força pessoal e abrem as portas para toda sorte de pessoas dominadoras e energias de baixo nível. A força interior é nossa maior defesa. 

5. SUBA PARA POSIÇÕES ELEVADAS 

As flechas não alcançam o céu. Coloque-se sempre em posições elevadas com bons pensamentos, palavras, ações e sentimentos nobres e maduros.Uma atmosfera de pensamentos e sentimentos de alto nível faz com que as energias do mal, que têm pequeno alcance, não o atinjam. Essa é a melhor forma de criar “incompatibilidade” com as forças do mal. Lembrem-se: energias incompatíveis não se misturam. 

6. FECHE-SE ÀS INFLUÊNCIAS NEGATIVAS 

As vias de acesso pelas quais as influências negativas podem entrar em nosso campo são as portas que levam à nossa alma, ou seja, a mente e o coração. Mantenha ambos sempre resguardados das energias dos maus pensamentos e sentimentos, e fuja das conversas negativas, maldosas e depressivas. Evite lugares densos e de baixo nível. Quando não puder ajudar, afaste-se de pessoas que não lhe acrescentam nada e só o puxam para o lado negativo da vida. O mesmo vale para as leituras, programas de televisão, filmes, músicas e toda sorte de passatempo mediocre, criado por falsas e tolas crenças ou derivados.


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

A queda do crescimento evangélico revelada pelo Censo 2010

Expansão evangélica recuou de 120% para 62%, diz pesquisador

A expansão evangélica no Brasil recuou de 120% na década de 1991-2000 para 62% na de 2001-2010. Embora não tinha obtido destaque no noticiário, esse dado é o fato novo revelado pelo Censo 2010, porque informações como a da queda do catolicismo já tinham sido previstas por pesquisas parciais.

Essa constatação é de Paulo Ayres Mattos, estudioso do pentecostalismo e bispo emérito metodista. Para ele, esse declínio no ritmo de crescimento das igrejas evangélicas não pode “ser ignorado” por quem acompanha com seriedade as mutações religiosas do país.

Ele disse que, no seu entendimento, a perda de fôlego da expansão evangélica se deve às transformações sociais que possibilitam que as pessoas busquem soluções “racionais” para os seus problemas, descartando a expectativa de obtenção de milagres.

Além disso, afirmou, tem havido uma reação católica por intermédio do movimento da renovação carismática, que se utiliza de músicas golpel e outros recursos do pentecostalismo. “[Isso] está estancando a sangria nas fileiras católicas, principalmente em setores da classe média.”

“Ser pentecostal [católico], falando línguas estranhas e fazendo milagres, além de poder continuar com a Virgem Maria e os santos venerados mais o papa, sem quebrar a liturgia e a ordem do catolicismo, é muito atraente para o sincretismo histórico do campo religioso brasileiro”, disse.

Por essa análise, o Brasil, diferentemente do que tem sido previsto, não terá uma população de maioria evangélica.

Mattos afirmou que compartilha da intuição do estudioso de religião Paul Freston, da Universidade de São Carlos (SP), segundo a qual no médio prazo os evangélicos vão crescer no máximo até 35% da população, estabilizando-se nesse patamar.

“A história dos movimentos religiosos no mundo ocidental mostra que os novos movimentos surgem, crescem, se estabilizam e, finalmente, experimentam sua estagnação.”

Ele acredita que vai se manter a tendência de as pessoas se afastarem das religiões organizadas, que estão ficando cada vez mais desacreditadas por causa dos escândalos de suas lideranças.

Mas isso não significa, argumentou, que as pessoas estão perdendo a sua religiosidade ou se tornando ateias. Pois o fato é que hoje “as pessoas têm mais liberdade para escolher e combinar diversas opções em seu próprio cardápio religioso, como num balcão de comida a quilo.”

Em entrevista ao site católico IHU Online, que é simpático à Teologia da Libertação, Mattos disse que a ideologia do pentecostalismo brasileiro está na contramão do pentecostalismo clássico, distando-se do sagrado e fincando pé no mundo terreno.

Essa ideologia estabelece que “a sociedade de consumo é boa e que tem lugar para todos e que o mundo como ele é não é um lugar maldito, mas está cheio de bênçãos que devem ser possuídas aqui e agora, no aquém e não além, depois da morte.”


julho de 2012


Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Consciência





"Os conselhos ajudam, não há dúvida...
Mas não se esqueça de que a solução de nossos problemas está dentro de nós mesmos, na voz silenciosa de nossa consciência, que é a voz de Deus dentro de nós.
Não se deixe enganar: só você será o
responsável pelo caminho que escolher.
Ninguém poderá prestar contas por você.
Procure, portanto, viver acertadamente, de acordo com sua consciência."


Carlos Torres Pastorino - Minutos de Sabedoria

VIVA E DEIXE VIVER!

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Invocação do Dia

"Oh, Tu, Poderosa Presença Iluminada que "EU SOU"! Com gratidão e louvor, Nós penetramos hoje na Plenitude de Tua Presença e recebemos para todo sempre Tuas Bênçãos Ilimitadas, Tua Força e Coragem, Teu Entusiasmo Jovial, os quais mantêm tudo autosustentado. 


Sabemos que só existe Uma Presença e "Eu Sou 'EU SOU' essa Presença" de toda Atividade, de toda Sabedoria e Poder, e na Liberdade dessa Poderosa Presença Nós permanecemos serenos, impassíveis no meio de todas as coisas externas que parecem indicar o contrário. 



'Mantenho-me sereno em Tua Grandeza Eterna, suplico Teu Grande Domínio no lugar que ocupo. Permaneço na Radiação do Deus Eterno, olhando-Te sempre em plena Face'. 



Trago-vos saudações da Grande Hoste, como também Suas Bênçãos pelo entusiasmo feliz que se estabeleceu. Nós nos esforçaremos por preservar-vos nesse entusiasmo jovial como o Centro desta Radiação, porque todos os estudantes hão de senti-lo e exercê-lo. 



Bem mais do que se previa para esta semana foi realizado; e nós nos regozijamos grandemente convosco. A bênção amorosa de um estudante para com outro é muito recomendável, e esse simples acontecimento abrir-lhes-á amplamente a porta para que recebam a abundância que lhes é destinada." 

"Saint Germain" 



Fonte: Trecho extraído do livro: "O Livro de Ouro de Saint Germain", autor: Grupo Esotérico Ponte Para A Liberdade; Gráfica Calabria. 

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Saravá Pai Fernando!

Compartilho em homenagem ao Pai Fernando de Ogum, que acabou de fazer sua passagem pra Aruanda. Saravá amigo, Saravá meu Pai de Santo, Ogunhê!



Dos depoimentos que li hoje no Facebook, comentando a passagem do nosso amado Pai Fernando, escolhi este, da Luiza Labatut, para compartilhar aqui nessa singela homenagem:

"Hoje um espirito extremamente iluminado desencarnou. Pai Fernando de Ogum, grande guia espiritual terreno, agora nos acompanhará direto da Aruanda. Há 6 anos se tornou meu Pai de Santo, e um amigo, como era de todos.

Não existe motivo para tristeza. Ele cumpriu sua missão entre nós da forma mais plena e eficiente que poderia ter feito. Semeou paz, amor, fraternidade, espiritualidade, fé.

Também não tenho dúvida alguma de que seus herdeiros saberão continuar seu legado espiritual.
Tenho muito a agradecer. Agradecer por sua presença, companhia e tantos ensinamentos.

Ele me ensinou o que é espiritualidade. Me ensinou o que é fé. Me ensinou a fraternidade e a solidariedade e que nenhum acontecimento é em vão. Não existem coincidências.

Me ensinou o que é Umbanda e o que é ser Umbandista.

Me ensinou que é necessário ter humildade. Me tornou uma filha melhor, uma irmã melhor, uma neta melhor, uma prima melhor, uma sobrinha melhor, uma amiga melhor, uma mulher melhor - ou que pelo menos se esforça para ser. E continua me ensinando e me tornando uma pessoa melhor.

Que os pedidos sempre são atendidos e que, por isso mesmo, devemos tomar cuidado com nossos desejos. Um pensamento basta para mudar o caminho. O que vai, volta. Cada mudança planejada e escolhida implica em outra mudança, ou em outras.

O Karma deve ser vivido. Será vivido. Não é um sofrimento em nossa vida, é uma necessidade para a evolução.

Temos livre arbítrio. Em tudo, sempre, temos livre arbítrio. Mas há consequências sobre nossas escolhas. Ai, como é difícil compreender a extensão do tal do livre arbítrio. Quando agir? Quando não agir? Como saber a escolha certa a ser tomada? “Intuição”. Saber ouvir o que nossos Guias tentam tanto nos dizer. É muito difícil.

Os Guias? Quem são eles? Para quê saber quem são eles?! Basta saber que são. No momento certo saberá quem são. Difícil. Ter paciência sempre é difícil. Mas Eles não nos abandonam nunca. Nos mostram o que precisa ser mostrado. Muitas vezes, por teimosia nossa, não da maneira que queríamos ou esperávamos. Mas mostram. Basta saber ver, acreditar e aceitar.

Obrigada, Pai Fernando! Muito obrigada! Nunca esquecerei o que me ensinou. E aquilo que ainda não consegui entender, ou não consegui aceitar, vai continuar comigo, em busca da minha própria evolução, e espero um dia, então, aprender.

Até logo."


Pai Fernando de Ogum - Diretor Espiritual e fundador do Terreiro Pai Maneco - teve um acidente vascular cerebral (AVC) há 30 dias atrás e lutava pela sua recuperação, entretanto seu estado agravou-se no último sábado. Internado no Hospital São Lucas desde então não resistiu desencarnando por volta das 22:30h de ontem dia 31/07/2012 aos 74 anos de idade.