Translate

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Oferenda a Cosme, Damião e Doum



Para agradar os Erês, no dia de São Cosme e Damião, é fácil. Um pequeno agrado a estes Orixás podem fazer nossas vidas mais felizes. As crianças do espaço, em sua aparente fragilidade, na verdade tem poderes incríveis. A Ibejada pode curar doenças do corpo, da mente e da alma, além de que alegria advinda de uma criança é a mais pura existente na natureza. Puro amor.

Não deixe este dia passar, sem aproveitar a oportunidade para obter graças e agradecer as já recebidas. Os elementos para esta entrega são simples: 


- 1 fatia de bolo (e/ou doces),
- 7 velinhas azuis, 
- 7 velinhas cor-de-rosa, 
- 1 garrafinha de bebida doce gasosa (ou suco adoçado tipo capilé) 
- 1 pratinho de papelão virgem (tipo de festinha infantil).

No dia da entrega, 27 de setembro, é bom estar com pensamentos elevados e corpo purificado. Vá até uma pracinha, qualquer uma, de preferência onde tenham brinquedos (balança, gangorra...). Pense em São Cosme e Damião, e nas crianças, enquanto coloca o pratinho com os doces no chão; em volta coloque as velas, uma azul outra rosa, até dispor todas as 14 velas (pode-se também usar simplesmente uma azul outra rosa); abra o refrigerante ou suco e despeje em torno, em forma circular, a seguir acenda as velas e cante um ponto e/ou faça uma oração aos Cosminhos. Pronto!

Reverencie a entrega, bata palmas, vire-se e vá embora sem olhar para trás. Está feito! 


Axé!

Saravá São Cosme e Damião! Salve as crianças! Erê!


Se quiser fazer uma oração veja: Prece a São Cosme, Damião e Doum


 Elementos 

Sincretismo: Crianças da Umbanda - Ibeji - Erês: São Cosme e São Damião;
Data de culto: 27 de setembro;
Saudação: Oni Erê ou Oni Beijada (Hoje tem brincadeira ou salve os gêmeos);
Área de atuação: Crianças, saúde, alegria, tudo o que se inicia;
Elemento: Ar;
Chacra: Todos especialmente o laríngeo;
Metal: Estanho;
Astro regente: Mercúrio;
Nota musical: Dó;
Número: 2;
Dia da semana: Domingo;
Cor da guia: Azul claro e ou rosa;
Cor da vela: Azul claro e ou rosa;
Pedra: Quartzo rosa;
Bebida: Suco de frutas, água com açucar, refrigerantes;
Amalá: Doces de qualquer natureza;
Frutas: Goiaba, groselha, jabuticaba, amora, pitanga, morango;
Flores: Crisântemos, margaridas, rosa manquinha;
Ervas: Manjericão, anis, alecrim, jasmim, rosa, chá, trevo, verbena, folhas de groselha, folhas de amoreira, capim limão, folhas de morango;
Local de oferenda: Jardins, praias, parques, praças e campos limpos;
Animais: Macaco;
Instrumentos: Brinquedos de qualquer natureza.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

A Primavera, estação das flores






A Primavera é a estação do ano associada a renovação da flora e da fauna terrestres. No hemisfério norte é chamada "Primavera boreal", e no hemisfério sul é chamada "Primavera austral". A Primavera boreal começa em 20 de Março e termina dia 22 de Junho. A Primavera austral, que é a nossa aqui do Brasil, começa dia 22 de Setembro, terminando em 20 de Dezembro. 

A primavera do hemisfério sul inicia-se no equinócio de Setembro, terminando no solstício de Dezembro, no caso do hemisfério norte inicia-se no equinócio de Março e termina no solstício de Junho. No dia do equinócio o dia e a noite têm a mesma duração. 

A cada dia que passa, o dia aumenta e a noite vai encurtando um pouco, aumentando, assim, a incidência dos raios solares sobre o hemisfério em que ocorre.

No início da Primavera do hemisfério sul, os oceanos meridionais ainda estão frios e vão aos poucos aquecendo, fazendo a Primavera ter temperaturas amenas ao longo da estação. O equinócio, que pra gente é dia 22 de setembro, é definido como um dos dois momentos em que o Sol, em sua órbita aparente (como vista da Terra), cruza o plano do equador celeste (a linha do equador terrestre projetada na esfera celeste). Mais precisamente é o ponto onde a eclíptica cruza o equador celeste.

A palavra equinócio vem do Latim e significa "noites iguais". Os equinócios acontecem em março e setembro, as duas ocasiões em que o dia e a noite duram o mesmo tempo. Ao medir a duração do dia, considera-se que o nascer do Sol é o instante em que metade do corpo solar está acima (ou metade abaixo) do horizonte; e o pôr do Sol o instante em que o corpo solar encontra-se metade abaixo (ou metade acima) do horizonte.

Com esta definição, o dia durante os equinócios têm 12 horas de duração. Em várias culturas nórdicas ancestrias, o equinócio da primavera era festejado com comemorações que deram origem a vários costumes hoje relacionados com a Páscoa da religião cristã.


Nos dias do equinócio é possível obter uma medida aproximada da latitude, por um observador munido de instrumentos muito simples: um fio de prumo, uma trena e um relógio. Para fazer isso é só medir o tamanho da sombra de um fio de prumo, exatamente ao meio-dia local. Sendo h o comprimento do fio de prumo e l o tamanho da sombra na horizontal, a latitude lat, medida ao meio-dia local num dia de equinócio, é dada pela fórmula: lat = arctan (l / h).

A primavera é a estação mais bonita do ano. Vemos aparecer, com explendor, o verde das árvores, após o equinócio as tardes vão ficando mais longas e nos presenteiam com espetaculares pores do Sol. As flores desabrocham por toda parte, atraindo pássaros e insetos que se reproduzem aos milhares.

Na primavera celebramos o renascimento da Natureza, o retorno à Vida daquilo que se julgava morto, mas que na verdade, estava apenas adormecido. Em crenças espíritas e esotéricas fazemos uma alusão da primavera com a reencarnação. O Sol é a fonte de luz e calor que permite a vida em nosso planeta. A palavra sol deriva do latim Solus, que significa "O Único".

Assim como a vida do nosso sistema solar depende do Sol, nós também precisamos encontrar, conhecer e desenvolver nosso Sol interior. O Sol é o fator mais importante do mapa astral, é o centro do mapa. Ele representa o caráter, a personalidade, o ego ou eu pessoal. Quando alguém pergunta nosso signo, respondemos dizendo o nome daquele que contém o nosso Sol. 

O signo onde se encontra o Sol, ou signo solar, segundo a astrologia, indica a missão pessoal de cada um, o propósito que necessitamos manifestar em nossas vidas para revelar nossa verdadeira natureza total, nossa individualidade, nosso poder pessoal, vontade e criatividade.

O Sol brilha sobre bons e maus, justos e injustos, à ninguém se nega, pois amor o amor guardado não é derramado, não é Amor, é egoísmo. O Sol exerce uma atração magnética irresistível, orientando nossa vida, dando significado, motivação e indicando o rumo a seguir. 

Poderemos encontrar este Sol em nossa natureza interior, espiritual, ou não conseguiremos transformar nossa consciência, que elevada, nos mostra pertencermos a algo maior do que nós mesmos. Independentemente da estação do ano devemos viver e sentir a Primavera eternamente em nosso interior, renascendo e evoluindo sempre.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Suco da luz do sol



O suco da luz, suco vivo, ou suco da luz do Sol, é uma receita importada, consumido por estrelas como Demi Moore. Diz-se que é uma 'bomba de clorofila', capaz de operar milagres. 

Hoje esta poção verde é consumida por três em cada dez estrelas da TV brasileira, e vem conquistando mais adeptos a cada dia. Está famoso, já apareceu no Globo Reporter, Ana Maria Braga, na novela das 8 e em outros programas de televisão. Tem até receita no youtube, com direito a tutorial pra aprender a fazer o suco. Afirmam os adeptos que o suco da luz do Sol vem a ser clorofila pura, 'é a pura luz do astro rei', que alimentou e foi transformada pelas plantas verdes. Segundo as pessoas que o consomem, o suco é digerido pelo organismo em cerca de 15 minutos, e se transforma em hemoglobina, acelerando processos de cura e desintoxicação.

O suco vivo é feito com maçã, folhas, legumes, raízes e grãos germinados, crus, para manter o máximo de nutrientes. Não se deve confundir o suco da luz do Sol com o suco de clorofila, eles apresentam algumas diferenças entre si, como a presença de ingredientes frescos e grãos recém-germinados que tem o suco do sol. Outra diferença é que os sucos de clorofila geralmente são sucos comuns de fruta, com adição de extrato congelado de clorofila, água, açúcar ou adoçante.

O preparo do suco não é difícil, pode ser feito em liquidificador ou mesmo com o uso de uma centrífuga, o importante é que seja consumido fresco, pode-se também manter as propriedades do suco armazendo-o em uma geladeira, porém recomenda-se o consumo em no máximo 2 horas após o seu preparo. A seguir a receita mais comum do suco:


INGREDIENTES:

1 maçã picada, de preferência orgânica, com a casca e sem semente
1 pepino verde médio
3 folhas de couve ou outra hortaliça rica em clorofila
3 ramos de hortelã, também pode-se usar capim limão ou erva cidreira
1 punhado de grãos germinados
1 pedaço pequeno de raiz de gengibr
1 cenoura pequena ou nabo
1 legume (ex.:batata-doce ou inhame)

PREPARO:

Coloque a maçã picada no liqüidificador ou centífuga e use o pepino como socador até que o primeiro líquido se forme, coe o líquido obtido e volte para o liqüidificador (na centífuga esta etapa é desnecessária), então acrescente os grãos germinados, as folhas verdes comestíveis, o legume e a raiz escolhida. Coe num coador, preferêncialmente de pano e beba logo em seguida.

DICA:

Varie as hortaliças sempre que possível e use de preferência sempre as de produção orgânica, use umas pedrinhas de gelo feito com agua mineral ou agua de côco. Use um raminho de hortelã ou sálvia para enfeitar a bebida.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Frésia




A frésia ou junquilho é uma planta pertencente à família das Iridáceas, é amarilidácea, bulbosa e aromática.

Pertencente à família das Iridáceas, a frésia também é conhecida em algumas regiões do Brasil por junquilho. Trata-se de uma bela e perfumada flor originária do sul da África. 

Por suas cores vivas e o marcante perfume, a frésia é muito utilizada na criação de arranjos florais decorativos. Nos jardins, seu plantio é recomendado em bordadura de canteiros, mas o resultado só será compensador, se houver boa incidência de luz no local.

As espécies apresentam muitas cores, geralmente fortes, que vão desde um azul puro, passam pelo púrpura e chegam ao branco. Reproduz-se por meio de bulbos perenes. Floresce nas regiões de clima frio a temperado, normalmente no final do inverno e prossegue na primavera. Com boa incidência de luz e regas corretas, as folhas e pendões florais brotarão da metade para o final do inverno, independente da época do ano em que o bulbo foi plantado. O florescimento se prolonga horizontalmente, em todo o pendão floral.



terça-feira, 2 de setembro de 2008

Flores de Setembro



  1. copo-de-leite,
  2. estátice,
  3. frésia,
  4. girassol,
  5. goivo,
  6. íris,
  7. oncidium,
  8. tulipa.
Flores do mês de setembro: copo de leite, estátice, frésia, girassol, goivo, íris, ranúnculos, orquídea oncidium. Flores do mês de outubro: agapanto, áster, copo de leite, dália, estátice, frésia, gladíolo, girassol, lírio branco, tango.