Translate

sábado, 29 de setembro de 2018

Orações aos Santos Arcanjos





Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo ✝︎

✡︎ "São Miguel Arcanjo, glorioso príncipe do céu, protetor das almas, eu vos chamo e invoco, para que me livres de toda adversidade e de todo o pecado, e me faças progredir no serviço de Deus, conseguindo-me Dele a graça da perseverança final, para que O vá possuir eternamente. Amém. Glorioso Sã Miguel, rogai por nós!"

✡︎ "São Gabriel, glorioso Arcanjo, fortaleza de Deus, eu vos chamo e invoco, para que me alcanceis a fortaleza, para desprezar o mundo, vencer o demônio e dominar os meus apetites e paixões até o fim da minha vida, carregando a minha cruz de cada dia com fé, alegria, paz, resignação e ação de graças. Glorioso São Gabriel, rogai por nós!"

✡︎ "São Rafael, glorioso Arcanjo, medicina de Deus, eu vos chamo e invoco, para que cureis toda cegueira e todas as enfermidades da minha alma, e me ajudeis a fugir dos pecados, que causam tantos males. Amém. Glorioso São Rafael, rogai por nós!"

✡︎ "São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio! Ordene-lhes Deus, instantemente o pedimos; e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude Divina, precipitai no inferno a satanás e todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém. Glorioso São Miguel, rogai por nós!"

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Orações a São Vicente de Paulo




S. Vicente de Paulo e o Sagrado Coração de Jesus
São Vicente de Paulo ✝︎ Rogai Por Nós

Protetor das Associações de Caridade e dos Pobres

Festa: 27 de Setembro

Vicente de Paulo, nascido Vincent de Paul ou Vincent Depaul, (24/04/1581 — 27/09/1660) foi um sacerdote católico francês, canonizado, ou seja, declarado santo pelo Papa Clemente XII no ano de 1737. Exemplo de fé, humildade, caridade e amor ao próximo, ele foi um dos grandes protagonistas da Reforma Católica na França do século XVII.

São Vicente de Paulo nasceu em uma terça-feira de Páscoa, em 24 de abril de 1581, na aldeia Pouy, sul da França. Como era então frequente, Vicente foi batizado no mesmo dia de seu nascimento. Era o terceiro filho do casal João de Paulo (Jean de Paul) e Bertranda de Moras (Bertrande de Moras), camponeses profundamente católicos. Seus seis filhos receberam o ensino religioso em casa através de Bertranda.

Desde cedo destacou-se pela notável inteligência e devoção. Fez seus primeiros estudos em Dax, onde, após 4 anos, tornou-se professor. Isto lhe permitiu concluir os estudos de teologia na Universidade de Toulouse. Foi ordenado sacerdote, aos dezenove anos, em 23 de setembro de 1600.

Obra

Vicente fundou a Confraria do Rosário e todos os dias visitava os doentes. Atendendo a um pedido de padre Berulle, partiu e foi ser o preceptor dos filhos do general das galés e residir no Palácio dos Gondi. Sua piedade heróica conferiu-lhe o cargo de Capelão Geral e Real da França. Vendo o abandono espiritual dos camponeses, fundou a Congregação da Missão, que são os Padres Lazaristas, para evangelização do "pobre povo do interior". A Congregação da Missão demorou de 1625 até 12 de janeiro de 1633 para receber a Bula do Papa Urbano VIII, reconhecendo-a.

Inspirado por seu amor a Deus e aos pobres, Vicente de Paulo foi o criador de muitas obras de amor e caridade. Sua vida é uma história de doação aos irmãos pobres e de amor a Deus. Existem diversas biografias suas, mas sabemos que nenhuma delas conseguirá descrever com total fidelidade o amor que tinha por seu irmãos necessitados. 


Legado

Muitos acham que a maior virtude de São Vicente é a caridade, mas sua humildade suplantava essa virtude. Sempre buscava o bem da Igreja. São Vicente de Paulo foi um pai dos Pobres e um reformador do clero. 

Basta dizer que a Associação dos Filhos de Maria, hoje Juventude Mariana Vicentina, criada a pedido da Virgem Maria que apareceu a Santa Catarina Labouré na noite de 18 de julho de 1830, e as Conferências Vicentinas, fundadas por Antônio Frederico Ozanam e seus companheiros, em 23 de abril de 1833, foram inspiradas por ele. Espalhadas no mundo inteiro, vivem permanentemente de seus exemplos e ensinamentos.

Segundo São Francisco de Sales, Vicente de Paulo era o "padre mais santo do século". Faleceu em 27 de setembro de 1660 e foi sepultado na capela-mãe da Igreja de São Lázaro, em Paris. Foi canonizado pelo Papa Clemente XII em 16 de junho de 1737. Em 12 de maio de 1885 é declarado patrono de todas as obras de caridade da Igreja Católica, por Leão XIII.


Oração a São Vicente de Paulo

"Ó glorioso São Vicente, patrono de toda caridade, pai daqueles que estão na miséria e que, enquanto na Terra, jamais deixou de amparar a todos que a Vós recorreram, considerai os males que estão nos oprimindo e vinde em nosso socorro. 

Obtende junto do Senhor ajuda aos pobres, alívio para os enfermos, consolo para os aflitos, proteção para os abandonados, espírito de generosidade para os ricos, a graça da conversão para os pecadores, entusiasmo para os padres, paz para a Igreja, tranqüilidade e ordem para as nações e salvação para todos. 

Permiti-nos comprovar os efeitos da vossa misericordiosa intercessão e assim sermos ajudados nas misérias da vida.

Possamos nós estar unidos com o Senhor no paraíso, onde não existe mais dor, choro ou tristeza, mas alegria, contentamento e duradoura felicidade. 

Amém!"

Oração para aliviar a pobreza

"São Vicente, que tanto vos compadecestes dos pobres, eu vos peço, olhai para mim ! Sou pobre. Estou passando necessidade.

O dinheiro é curto e nunca chega para comprar tudo o que necessito. Precisaria comprar mais comida, mais roupa, trocar meus sapatos velhos, falta roupa de cama, seria necessário comprar algumas telhas para tirar as goteiras da casa e algumas mata-juntas para fechar as frestas por onde passa o vento frio do inverno. Tomo chá, porque não posso comprar remédio.

São Vicente! Sou pobre, mas tenho fé! Há gente mais pobre do que eu: são aqueles que não têm fé; porque esses têm a alma vazia.

São Vicente, conservai minha riqueza, que é a fé; mas eu vos peço, aliviai também a minha pobreza. Ajudai-me a adquirir ao menos o necessário para me alimentar bem, para me vestir honestamente e comprar os remédios que me conservam a saúde e as forças necessárias para fazer bem os meus trabalhos e cumprir as minhas obrigações e assim poder ser útil à minha família e a todos os que precisarem de minha ajuda.

Assim seja!"

Para pedir o auxílio fraterno de São Vicente de Paulo

"Glorioso São Vicente, celeste padroeiro de todas as associações de caridade e pai de todos os infelizes que, enquanto vivestes sobre a terra, nunca faltastes àqueles que se valeram de vossa proteção; vede a multidão de males de que estamos oprimidos e correi em nosso auxílio; alcançai do Senhor socorro para os pobres, auxilio aos enfermos, consolação aos aflitos, proteção aos desamparados, conversão aos pecadores, zelo aos sacerdotes, paz à Igreja, tranqüilidade aos povos e a todos Salvação.

Sim, que todos experimentem os efeitos de vossa benéfica intercessão, e que, socorridos assim por vós nas misérias desta vida, possamos reunir-nos convosco lá no céu, onde não haverá mais tristeza, nem lágrimas, nem dor, mas uma alegria, uma bem-aventurança eterna. 

Amém!"


Pedido de inspiração à prática da caridade

"Ó São Vicente de Paulo, que olhastes fraternalmente para os pobres e miseráveis, e formastes mulheres e homens para o trabalho da evangelização dos pobres e da promoção humana, inspira-nos, pela vossa intercessão ao nosso Deus, em nossa ação missionária dentro da presente realidade.

Faz com que vejamos a miséria humana em que vivem milhões de irmãs e irmãos nossos. Desperta em nossa vida o senso de paz e de justiça num mundo de tantas desigualdades sociais. 

Ensina-nos a humildade e a mansidão quando procuramos a grandeza e a fama a custa da exploração de nossos irmãos. Fortalece nossas ações em favor das crianças abandonadas, dos jovens desnorteados, dos idosos solitários, dos desempregados, dos sem terra e sem teto, dos que sofrem por causa do nosso egoísmo, da multidão dos marginalizados e excluídos que passam fome e que não têm nem voz e nem vez em nossa sociedade. 

Ajuda-nos a seguir Jesus Cristo “evangelizador dos pobres” e a deixarmos “Deus por Deus” quando servimos efetivamente nossos irmãos. 

Amém!"

Socorro dos pobres e libertação dos encarcerados

"São Vicente de Paulo, vós que dedicastes a vida inteira aos pobres e encarcerados, lá do céu, dirigi o vosso olhar caridoso para os pobres e auxiliai-os em suas necessidades.

Socorrei os encarcerados, privados de sua liberdade. Aliviai os seus sofrimentos, abreviai a sua pena. Não permitais que o desânimo entre em seu coração. Infundi-lhes pensamentos positivos. Abrandai-lhes os sentimentos de ódio, rancor e vingança. Ajudai-os a perdoar aqueles que Ihes fizeram algum mal. Esclarecei os seus advogados, as testemunhas e o próprio réu a fim de que encontrem argumentos e motivos suficientes para apressar o dia de sua liberdade.

Ó São Vicente! Abri as portas das cadeias!

Libertai os apenados e depois acompanhai-os na liberdade, com vossa graça; orientai-os na prática do bem; iluminai o seu caminho para que nunca mais retornem á cadeia!

São Vicente, ajudai os pobres e libertai os apenados!

Amém!"
____
Fonte: com informações de Wikipédia e orações católicas tradicionais  - Imagem: anastpaul.wordpress.com

terça-feira, 25 de setembro de 2018

Oração a Oxum para encontrar o amor verdadeiro




Ora-iê-iê Mamãe Oxum! Saravá minha Senhora!
Oxum é um Orixá feminino (Yabá) das águas doces, dos rios e cachoeiras, da riqueza, do amor, da prosperidade e da beleza, cultuada no Candomblé e Umbanda.

Através de mamãe Oxum, os fiéis buscam auxílio para a solução de problemas no amor, uma vez que ela é a responsável pelas uniões, e também na vida financeira, a que se deve sua denominação de “Senhora do Ouro”, que outrora era do Cobre, por ser o metal mais valioso da época.

Oferendas

Oferendas são servidas principalmente nas cachoeiras para Mamãe Oxum na natureza, o culto a Oxum costuma ser realizado nos rios e nas cachoeiras e, mais raramente, próximo às fontes de águas minerais.

Oxum é símbolo da sensibilidade e muitas vezes derrama lágrimas ao incorporar em alguém, característica que se transfere a seus filhos, identificados por chorões.

Sincretismo

Oxum Orixá feminina das religiões afro-brasileiras é sincretizada com diversas Nossas Senhoras. A festa de Oxum é comemorada em todo Brasil no dia 8 de dezembro.

Na Bahia, ela é tida como Nossa Senhora das Candeias ou Nossa Senhora dos Prazeres. No Sul do Brasil, é muitas vezes sincretizada com Nossa Senhora da Conceição, enquanto no Centro-Oeste e Sudeste é associada ora à denominação de Nossa Senhora, ora com Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

O dia 8 de dezembro é marcado por duas celebrações cristãs de significados distintos (quase antagônicos), que se confundem devido à semelhança das suas designações.

Oração a Oxum para trazer o amor verdadeiro

"Dourada é a tua luz, assim como o ouro que te pertence! 
Derrama sua pureza cristalina, orixá das águas doces 
Não permite que a neblina obscureça o meu desejo mais profundo 
Que é conseguir o amor mais verdadeiro, 
Seguro, eterno e duradouro. 

Estás presente nas cachoeiras, que são sagradas por si só. 
Portanto, faz com que se apague 
Todo o sentimento se eu sofrer. 
Não verterei nenhuma lágrima por aqueles que não me correspondem no amor. 
Não sofrerei por ninguém, 
Quem, com mentiras, me faltar com o respeito. 
Porque não permitirás que frieza, inveja ou ciúmes me traiam. 

És doce, protetora, suave e vaidosa, feminina e sedutora. 
Ó mãe Oxum! 
Dá-me teu axé, 
Dá-me a tua força, como o néctar mais sublime, para eu saber como respeitar e venerar. 
No mel está o teu segredo, que eu saberei utilizar!

Assim seja!"

domingo, 23 de setembro de 2018

Orações da Primavera, um novo ciclo de vida se inicia na Terra




A primavera é a estação, das flores, da beleza da natureza. Início de uma nova estação que favorece novos empreendimentos, melhora na qualidade de vida, traz a melhoria do corpo e do espírito, semeando coisas boas para a próxima colheita.

"Pai celeste, verdadeiro Senhor da natureza, damos-te graças pelo ar que respiramos todos os momentos de nossa existência qu mesmo no chão o Senhor dá aos cores da vida que embelezam seu eterno jardim com as melhores flores do mundo.

Obrigado Senhor da natureza!

Amém"

Primavera, um bom momento para descobrirmos que a vida também é um constante renovar, entre perdas e ganhos que vão do semear ao florescer.

Tudo na natureza tem seu ciclo, sem época de plantio não há colheita. Em nossas vidas também nos utilizamos do processo natural que faz as sementes germinarem, as folhas se abrirem. 

Para que todas as coisas boas aconteçam é preciso aprender com a natureza. Precisamos semear a terra, arar o campo, colocar as boas sementes e, tudo isso no tempo certo, no tempo de plantar. 

Sempre é tempo de plantar coisas boas, que nos façam bem e que beneficiem a todos, sobretudo àqueles que amamos. Agindo assim entramos numa espécie de corrente do bem, na qual a generosa natureza irá favorecer a colheita de maravilhosos frutos par quem os semeia. Sobretudo precisamos trabalhar, sempre com fé e esperança.

"Louvado sejas, meu Senhor, 
pela festa da primavera. 
Primavera é vida nova e saudades 
renovadas do paraíso perdido. 
Depois de um inverno frio e chuvoso, 
em que vivemos recolhidos e fechados, 
finalmente a força da natureza 
começa a reverdecer as árvores, 
a encher o ar com o canto dos passarinhos e os jardins, 
com o perfume das flores. 
E nós, cheios de alegria, 
sentindo a pulsação da vida, 
te agradecemos o início da primavera, 
esta estação que nos lembra a exuberância das tuas graças 
e a beleza do teu amor.

Amém!"

Em fins do mês de setembro, no hemisfério sul do nosso planeta, os dias começam a ficar mais claros, o sol brilha mais forte e as flores despontam trazendo uma explosão de cores e aromas que contagiam toda vida na terra. 

Então, percebemos que já é primavera! É hora de celebrar, pois a primavera chegou e “a vida venceu a morte!” (cf. I Cor 15, 55), e segue seu rumo numa constante passagem. A natureza é sábia e conhecemos bem a importância de suas estações, as quais temos que viver sem antecipar nem retardar nenhuma etapa. 

Como é lindo e emocionante compreender a grandeza dessa obra! 

Por intermédio da contemplação da natureza, podemos também nos encontrar com o Criador e ser formados por Ele nos detalhes dos acontecimentos cotidianos. Assim o tempo passa e quando tudo parecia estar parado, de repente, a semente que descansava no solo brota.


"Deus Criador no início desta nova estação do ano quando os pensamentos se voltam novamente aos primórdios, ao recomeço de um novo ciclo.

Novas folhas, transformando os galhos secos livres de espinhos;
Esteja com a gente;
Semeie-nos de motivos em nossas novas missões;
Faça florescer em nós novas esperanças e sonhos de novas oportunidades de trabalho, no amor, na melhoria da saúde sobretudo, nos desafios e incertezas.

Leve nossos medos e transformai-os em pontos fortes;
Leve a nossa falta de fé e capacite-nos, através do Espírito que dá vida a este mundo, cuja presença é refletida no frio gelado da respiração de inverno, bem como o calor reconfortante de uma brisa de verão.

Caminhe com a gente nesta nova estação: a primavera;
Uma primavera de oportunidades.

Amém!"


“a vida venceu a morte!” (cf. I Cor 15, 55)
O inverno finalmente acabou e, sabendo que o momento presente é a única coisa que realmente temos, devemos aproveitá-lo bem, amando e levando alegria e cor à vida das pessoas. Deus está conosco todos os dias dia, quando nos deitamos e quando nos levantamos, em todos os lugares, em todos os momentos, em todos os passos que damos em nossa jornada sobre a Terra.

O Senhor nos dá diariamente a graça necessária para vencermos e, através da natureza, nos oferece os elementos pra tanto. É através da natureza que vem a recompensa terrena por nossos esforços, pelo nosso trabalho, obra e fé. É por isso que podemos florescer depois do inverno e deixarmos ir o que já não nos pertence sem pararmos na dor. Sinta o perfume que está no ar, o tempo é de renovação!

A primavera chegou, e com ela mais sol, mais flores, mais vida! Deixe a estação das flores entrar em sua casa, em sua vida e a viva com intensidade, sempre com os pés no chão, em contato com a natureza, observando e lendo seu livro todos os dias. Doe o que você tem de melhor, perdoe as pessoas e, eventualmente a você também, sorria, acolha, abrace, vá ao encontro de tudo e de todos que você ama. Faça como as flores, mostre a beleza e exale você também o perfume que Deus lhe deu! Primavera é tempo de renovação interior, é tempo de celebrar a vida!

"Meu pai, mestre!
Meu Senhor do Desconhecido!

Que as encruzilhadas das dúvidas
Sejam afastadas de minha vida
Que o seu pássaro voe
À chegada de meu espírito

Meu pai, mestre e senhor das Folhas!
Que as folhas de Outono
possam alegrar a minha alma
que as folhas de primavera
possam enfeitar o meu destino
que as folhas do Inverno
me cubram com sua proteção
que as folhas de verão
me tragam sabedoria e conforto

Meu pai, mestre e senhor das curas!
Que seu pássaro cante 3 vezes
Para levar minha saudade
Que seu pássaro cante 7 vezes
Para levar minha dor
Que seu pássaro cante eternamente
Para receber seu amor

É primavera, tempo de ser feliz!"
____
Fonte: com informações de: Recanto da Letras, Sociedade das Ciências Antigas, Poder Mágico, Canção Nova e Ana Flávia - Imagem: "jardim de igreja" PxHere (free image)

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Corpo Fechado ✝︎ Oração a São Sebastião




São Sebastião
Oração para livrar de muitos perigos, fechar o corpo e quebrar as forças dos inimigos carnais do demônio e aplacar a guerra consumidora, etc.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo ✝︎

"Oh! meu glorioso mártir São Sebastião! Soldado fiel e servo de Nosso Senhor Jesus Cristo, assim como vós fostes mártir transpassado e cravado com agudas setas num pé de laranjeira por amor de Nosso Senhor Jesus Cristo filho de Deus vivo e onipotente, criador do céu e da terra; eu criatura de Deus imploro a vossa divina proteção perante Deus, dos anjos, santos apóstolos, mártires, arcanjos e a todos que estão na divina presença do Eterno Pai, filho do Espírito Santo.

Imploro o vosso divino auxílio e proteção, que guardai-me e defendei-me dos meus inimigos, andando, viajando, dormindo, acordado, trabalhando e negociando quebrantai-lhe as suas forças, ódio, vingança, furor ou qualquer mal que tiverem contra mim.

Olhos tenham não me vejam; mão tenham não me peguem nem me façam mal nenhum pés tenham, não me persigam, boca tenham, não falem e nem mintam contra mim, armas, não tenham poder de me ferir, cordas, correntes não me amarrem as prisões para mim se abram as portas, arrebentem-se as chaves, esteja eu livre de guerra, o meu corpo esteja fechado contra todo mal que houver contra mim: fome peste e guerra, com o poder de Deus Padre, Deus Filho, Deus Espírito Santo, Jesus Maria José, pela sagrada morte e paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, pelas sete espadas, de dores de Maria Santíssima.

Com o seu divino manto me cubra e encape dos meus inimigos. Eu criatura de Deus fecharei o meu corpo contra todos os perigos, naufrágios, infortúnios e adversidades de minha sorte, com Deus andarei servirei viverei e feliz serei.

Eu criatura de Deus me uno de corpo e alma ao meu redentor, Jesus Cristo perdão de meus pecados, senhor Deus, paz, a minha alma Senhor Deus, lembra-se das almas meus pais, amigos parentes e inimigos senhor Deus dai-me saúde e força, valor para sofrer com paciência as minhas fraquezas a as do meu próximo.

Arrancai e quebrantai de mim os maus pensamentos e fraquezas.

Lembra-te de mim lá no teu paraíso como lembra-te do bom ladrão na Cruz do Calvário

Amém!"

Reze 3 Pai-nossos, 3 creio em Deus Pai e ofereça ao mártir São Sebastião e à Virgem Nossa Senhora das Dores pelas cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo, para aplacar a soberba, o ódio, a vingança, a inveja, o crime dos homens, guerra consumidora que assola o mundo inteiro, e fechar o teu corpo e alma contra todos os perigos e as tentações do demônio. (N.B.) (R.S.)
____
Imagem: "São Sebastião", obra de Marco Basaiti, pintada em óleo sobre tela, na cidade de italiana de Veneza, entre os anos de 1490 e 1521 (Basílica de Santa Maria da Saúde, Veneza, Itália).

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Dicionário Mágico das Flores




No "Dicionário Mágico das Flores" você encontra
um guia prático básico sobre a "Magia das Flores"
Guia mágico das flores, a magia das flores - Para cada tipo de flor há uma fada guardiã, que cuida de seu crescimento e penteia uma a uma suas pétalas. 

Essas fadas de apenas alguns centímetros de estatura são providas de asas translúcidas que se agitam ao sol e voam como mariposas. Na Inglaterra, a “pillywiggin” é uma fada diminuta, do tamanho de uma abelha, que se encontra voando entre as flores silvestres que crescem em ao pé dos carvalhos.

As fadas vivem em perfeita osmose com o mundo vegetal. Ajudam a transmutar os elementos químicos, catalisam a energia da atmosfera de modo a fazê-la assimilável pelas flores. São elas, pois, os devas, os anjos custódios das plantas que todo o jardineiro deve contar mais com sua colaboração que com seu próprio saber se deseja ter um belo jardim.

 A 

Açafrão: Uma das favoritas dos seres feéricos do Fogo e das fadas aladas. Utiliza-se açafrão para reforçar os feitiços, especialmente os de cura e de amor. Também se usa para se ver o interior do reino das fadas. Poderoso afrodisíaco masculino, esta flore também atua junto com a raiz de mandrágora e nó de cachorro em poções.

Acácia: Na antiguidade, a Acácia era considera o símbolo do Sol, tanto por suas folhas, que ao amanhecer se abrem à luz solar, como por suas flores, que se assemelha à imagem do Sol.

Na maçonaria é considerada a árvore da vida, pois “suas flores cegam, as sementes matam e a cura está em suas raízes, assim flores e sementes são o veneno, a raiz o antídoto”.

Açucena: Na mitologia grega a Açucena (Amarílis) representa altivez, elegância e graça, e está relacionada ao deus olímpico Apolo, famoso por seu orgulho. Use nos rituais que envolvem sol.

Afelandra: Há uma lenda indígena que diz que, em certa primavera, em uma festa organizada para os mais diversos pássaros, os arteiros beija-flores, às escondidas, pegavam todos os quitutes mais doces e comiam, não deixando que restasse nada para os para os outros passarinhos. Mas foram pegos de surpresa e castigados da seguinte de forma que, todos os doces, um a um, teriam que ser repostos. Assim, cumprindo o seu castigo, eles permanecem voando apressados, sem parar, até os dias de hoje, buscando o néctar contido nas flores da Afelandra. Simboliza o beija- flor, o início do caminho do xamã. Use em rituais de abertura, de fertilidade e quando precisa de doçura e fertilidade.

Alamanda: Amor sagrado, representa alegria em casa, harmonia familiar, amor fraterno, atenção, amor espiritual e é apropriada para presentear os amantes ou para mudar a alma das casas. É indicada para situações de alegria e de recordações. Use amarela quando quer segurança e alegria, quando quiser que algo se abra pra nunca mais fechar, e a roxa para abrir o coração de quem o tem fechado.

Alecrim: Limpeza Espiritual – erva de Ogum e de Sol, suas flores trazem centramento, força e foco. Use nos rituais de Marte para banimento, proteção e limpeza e nos de Sol para clareza e luz. O Alecrim significa coragem e fidelidade. Representa, também, votos de ânimo, confiança e espiritualidade, sendo indicado para reuniões familiares. Porém raras flores possuem tantos significados como essa, com sua cor mística que nos transmite a idéia de conforto.

Há os que crêem que o Alecrim afasta olho gordo, outros o colocam sob o travesseiro para afastar sonhos ruins, e há quem diga que tocar a pessoa amada com alecrim faz com que o amor dela por ti seja eterno.

As ciganas recebiam de seus pretendentes, como sinal de paixão e amor, não outras flores, como rosas vermelhas etc., mas apenas as flores do Alecrim, que representa um agradecimento pelo que o amor dedicado lhe proporciona de felicidade. Conforme a lenda cigana, essa planta é muito significativa devido sua origem milagrosa, pois teria surgido na estrebaria em que nasceu o menino Jesus, no exato local em que Maria derramava diariamente a água utilizada para lavar o menino, brotando ali o perfumado Alecrim, que viria ser utilizado após a morte de Jesus, quando foi levado ao sepulcro, com seu corpo banhado na mais fina essência de alecrim e com uma coroa repleta de suas flores, feita por Maria Madalena, sobre sua cabeça.

Alfafa: Desperta tua clarividência, infunde paixão e atrai a boa sorte, além da prosperidade, fortalece ainda, os feitiços de amor e atrai a felicidade para teu lar.

Amor-perfeito: SOU IMPORTANTE SIMPLESMENTE PORQUE EXISTO – regida pelas fadas das flores, esta pequena flor traz consigo todas as cores e suas pétalas tem forma de coração. Ela começa seu processo desenvolvendo o amor que temos por nós mesmos e depois nos ensina que para amar devemos ser flexíveis e receptivos. No Brasil é nosso azevinho, pois traz amor e luz em pleno inverno. Use nos rituais dedicados ao druidas, em yule, para fadas e para todas as deusas do amor. Faça uma mandala pessoal desta flor dedicada a Vênus, numa sexta-feira, e peça-lhe para que você veja o que há de melhor em você mesmo. Lembre-se para reconhecer a luz nos outros, é preciso tê-la dentro de nós. Pessoas que só vêem defeitos e pecados tem isso muito forte dentro de si.

“Estou pensando em você.” Quando um rapaz enviava um ramalhete de amores-perfeitos para uma jovem, queria dizer que a sua amada não lhe saía dos pensamentos. Antigamente, também era costume mandá-las para que a pessoa não se esquecesse de quem as enviara.

Dedicado a deusa Minerva, o Amor-Perfeito é o símbolo da glorificação do trabalho mas também está associado ao amor romântico, duradouro, amor para toda a vida.

De origem européia, também é conhecido como “viola tricolor”. Representa recordação, reflexão. Em francês, anuncia “le pansée”, o pensamento, o pedido de retorno, a força de atração que o pensamento exerce sobre as coisas o amor. É conhecida ainda como planta-trindade, porque há frequentemente três cores em uma só flor, relacionando-a à Santíssima Trindade. É a imagem do mensageiro sentimental nos cantinhos das correspondências breves ou em cestas que lindas meninas do campo carregavam serenamente. É indicada para pessoas desempregadas ou solitárias que buscam se restabelecer emocionalmente e financeiramente, essas flores estão ligadas ao signo de Touro, que prima pela preservação tudo o que é valioso.

Anêmona: Representam, paradoxalmente, fragilidade e perseverança. Mas também são flores relacionadas à tristeza, à perseverança e ao abandono. Use-as nos rituais de Ceridween de lua minguante para esquecer da dor e para pedir transmutação de sofrimento em alegria. Ótimas para rituais de perdão.

Anis: Sucesso e prosperidade, proteção viral. É flor de Apolo. Traz bom humor, frescor e afasta maus espíritos. Faça uma tintura com esta flor e álcool de cereais e deixe sempre a mão. Quando clima pesar asperge-se por todo ambiente e sobre você.

Alfazema: Na África as flores e folhas são usadas contra maus-tratos maritais. Significa universalmente pureza, castidade, longevidade, felicidade. Dormir sobre ramos de lavanda abranda a depressão.

Amarílis: Conhecida como açucena, é sinônimo de “orgulho” na linguagem das flores, pois se trata de uma flor difícil de se cultivar, mas que, depois de aberta, ofusca as demais. Amarílis é o nome de uma pastora que aparece na obra do poeta Virgílio, e a palavra, de origem grega, quer dizer deslumbrante. Na Itália, a flor recebe o nome de belladona (bela senhora).

Artemísia: Use essa erva para proteger-te dos seres feéricos danosos e para favorecer sonhos proféticos. Faça uma coroa de artemísia na véspera de São João para comunicar-se com as fadas. O chá de artemísia pode ser usado para limpar os cristais e as gemas utilizadas na Magia feérica. Use-a também para aspergir como restaurador e purificador de aura.

Avelã: A avelã , era chamada de “Coll”, pelos antigos celtas e correspondia a letra C do alfabeto druídico Ogham. Segundo os celta, a avelã era considerada como o receptáculo da sabedoria, já na Inglaterra é símbolo de fertilidade. A madeira da árvore é apropriada para fazer qualquer tipo de bastão ou varinha mágica usadas por bruxos, magos e feiticeiros. É com uma vara em forma de forquilha dessa árvore, que se encontra água e objetos ocultos. Um ótimo encantamento para lhe trazer sorte consiste em fazer uma cruz solar amarrando dois galhos juntos com um cordão vermelho ou dourado.

Azaleia: Originária do Oriente, suas flores são o símbolo chinês da feminilidade. Tem como significado a elegância, a felicidade.A Azaleia de flores brancas representa romance ou paixão passageira. A Azaleia de flores rosadas diz respeito ao amor pela natureza, o amor dos naturalistas ou o amor de longa data, duradouro e sublime: “Te amo há um tempão”. Use nos seus rituais de amor e para se proteger do veneno alheio.

A Azaleia de flores vermelhas quer dizer: “Sou apaixonado por você há muito tempo”.


 B 

Boca-de-leão: Ofereça esta flor para os dragões, e para Anjos quando quiser dar a alguém: paz e ajudar a se expressar.

Flores Boca-de-leão amarela: amizade e cumplicidade, indicada para um amigo que precisa de ajuda.

Boca-de-leão branca: proteção e paz, bom presente para momentos de conflito.

Boca-de-leão fúcsia: carinho recente, indicada para início de relacionamentos.

Boca-de-leão bronze: vitória e proteção, indicada para presentear competidores.

Boca-de-leão lilás: perseverança, para presentear estudantes em épocas de exames.

Boca de leão rosa: paixão, indicada para presentear uma paixão que está distante.

Boca de leão vermelha: amor, planta que leva proteção à pessoa amada

Boca-de-leão coral bicolor: concentração e alegria, para alguém querido que vai tomar uma decisão importante.

Boca-de-leão damasco bicolor: perícia, perfeição, indicada para médicos e outros profissionais.

Brinco de princesa: Essa planta significa gentileza, elegância e superioridade, devido à suprema beleza de suas flores. Use em rituais para abertura de caminhos e abertura de seu coração. Para fazer cair máscaras e dedicados a nossa senhora do sagrado coração.

Bromélia: dedicada a abertura da vidência, para ser um bom veículo mediúnico. È oferenda de fadas e traz consigo o poder do útero da grande Mãe.

Brejo: Associado ás rainhas das fadas e à aventura espiritual, é uma flor do amor para a Magia Feérica que infunde paixão, expande a percepção e é uma oferenda ideal na véspera de Beltane para os seres feéricos.

 C 

Calêndula: É uma das flores favoritas dos seres feéricos, Use calêndulas para obter proteção e para reforçar tuas habilidades psíquicas como a clarividência. Crie um anel de calêndulas em teu jardim para sentar-te nele e meditar, ou coloque um vaso com calêndulas vivas junto de tua cama para favorecer os sonhos com o reino das fadas.

Camélia: A camélia branca significa virtude despretensiosa, beleza perfeita. A camélia rosada representa a grandeza da alma, e a vermelha o reconhecimento. Também deve ser usada em rituais que envolvam filhos e amores perdidos.

Camomila: A camomila atrai dinheiro e amor, e se utiliza para purificação, meditação e para proteger o lar de energias danosas. Plante camomila para cobrir o solo de jardim e atrair diminutos seres feéricos das flores. Quando caminhares sobre elas, o aroma será delicioso! Espalhe flores por tua casa para liberar-te de energias não desejadas, ou beba uma infusão de camomila antes de ir dormir para sonhar com as fadas. Use também em rituais para proteção e luz de crianças e mulheres com dificuldade de amamentar. Para calma e clareza mental.

Cardo Santo: Expande tua percepção, repele as energias negativas e os seres feéricos danosos, e dá poder aos feitiços de Magia Feérica. Dedique a marte, nas terças-feiras, peça proteção e banimento do mal. Coragem e energia masculina também são atributos desta flor.

Centaurea: Seu nome foi atribuído ao legendário centauro Chiron, que possuía enorme conhecimento sobre ervas e foi o primeiro a revelar as propriedades curativas da planta. Suas flores são azuis como a água, mas, em outra espécies, como as Centaureas solstitialis, as flores são claras e seu conjunto, ao longe, é associado aos campos de trigo. Essa visão nos remete ao sacrifício e redenção em uma alusão à dupla natureza de Cristo. As Centáureas fazem parte de um grupo de flores usadas, por povos antigos em determinados alimentos. Ultimamente as centáureas vêm sendo utilizadas para a preparação de licores e outras bebidas alcoólicas. Use-as nos rituais que envolvam sagitarianos, suas metas, o planeta Júpiter e as deusas Flidais, Artemys e Diana. Também ajuda a trazer vida para pessoas presas e submissas.

Copo de leite: use dedicado aos deuses andrógenos, anjos e hermafroditas. Traz harmonia do Yin e do Yang, e para homossexuais que tem problemas em assumir sua identidade.

Crisântemo: cujo nome quer dizer flor de ouro, simboliza a alegria e representa também a perfeição e a simplicidade. No Japão, é a flor nacional. Para os chineses, o crisântemo assegura o amor eterno e a fidelidade. Branco, lembra a verdade e a sinceridade; vermelho, representa o amor e o amarelo simboliza o amor não correspondido. O crisântemo gosta de muita luz, mas não deve ficar diretamente exposto ao sol; a terra deve ser mantida húmida, sem secar e nem encharcar. Adapta-se a ambientes internos e externos. O crisântemo, é também símbolo do conhecimento concentrado, teria o poder de controlar as emoções dos que se irritam ou se deprimem facilmente. Esta planta, na verdade, estabilizaria as emoções destas pessoas. Igualmente faria a margarida por meio das suas propriedades terapêuticas. Ela poderia “ordenar” o pensamento daqueles que têm a facilidade de acumular conhecimento, mas apresentam dificuldades quando desejam expressá-lo. Ofereça as deidades do buddhismo pela sua iluminação. O nobre crisântemo é ainda, a flor da longevidade e da juventude. A espécie japonesa, tem um festival em sua honra, é cultivada com requinte nos jardins, usada como delicada guarnição comestível em jantares elegantes e utilizada medicinalmente para destruir germes. Também pode ser encontrada enfeitando o banho vespertino, onde, diz a tradição popular “manterá à distância os desgastes da idade”. Faça uma mandala de crisântemos amarelos com lírios amarelos e dia 8 de dezembro ofereça para Oxum, na beira de um rio ou cachoeira, mas faça no chão, pois na bandeja ela fica sujando o rio. Peça prosperidade e felicidade no amor.


 D 

Dente-de-leão: O vinho de dente de leão é um dos favoritos dos seres feéricos. Beba chá de dente de leão para intensificar tuas habilidades psíquicas. Escolha um dente de leão em uma noite de Lua Cheia, chame os seres feéricos alados do Ar, pede um desejo e sopre sobre ele. Com certeza será atendido.

 F 

Flor-de-maio: traz mudança, nos tranqüiliza em momentos de transição. Para mulheres submissas traz força pra lutar. Oferenda de Iansã, que também é chamada pelo nome da flor. Use nos rituais de defumação contra tempestades e maldições (seque-as e guarde num pote).

 G 

Gerânio: Todas as classes de gerânios são plantas de proteção e se cultivam em jardim ou em floreiras. As flores são carregadas magicamente e movimentam-se quando um estranho se aproxima. Os jardins semeados de gerânios vermelhos oferecem proteção e saúde aos moradores da casa. Os de flores rosa são usados em feitiços de amor e as variedades de cor branca aumenta a fertilidade. Os xamãs do México, purificam e curam seus pacientes com ramos de gerânios vermelhos junto com ramos de arruda e pimenta. Todos os gerânios possuem propriedades mágicas que nos fortalecem física e psiquicamente. Ofereça, também quando precisar de centramento e para se libertar da solidão.

Girassóis: Flor de Deus, flor do sol, flor de Lugh, Apolo, Oxalá e Akenaton. Mandalas desta flor trazem foco, brilho, fertilidade, nutrição e luz. Use para fazer uma mandala de cura para criança subnutrida ou debilitada. Para quem tem problemas de absorver nutrientes, ou tem auto-estima baixa. Com as Alamandas ajuda nos rituais de auto-estima e segurança. Essa é uma das flores favoritas dos seres feéricos. Faça uma coroa de girassóis e use-a em uma noite de Lua Cheia para favorecer as visões de rainhas e reis das fadas. Use as sementes nos feitiços de prosperidade, fertilidade e amor.

 H 

Hibisco: Use nos rituais de amor e falta de desejo, tanto masculino quanto feminino. Dedicada a Deusa Vênus, traz amor sincero e quente… Representa a beleza delicada, a virtude e avidez; e sugere: agarre-se à tua boa-sorte!

 J 

Jacinto: Faça uma coroa de jacinto silvestres e coloque-a na cabeça na véspera de Beltane que te ajudará a ver os seres feéricos. Um anel de jacintos silvestres é um dos lugares de reunião em um jardim favoritos dos seres feéricos. Os gregos e romanos antigos sempre utilizaram flores de jacintos para decoração de suas festas religiosas. Essas flores eram consideradas pelos povos antigos como flores afrodisíacas, cuja raiz era utilizada na culinária, ou como medicamento para tratar tumores dos testículos. Entendia-se que eram flores masculina sendo usada também como um tônico para aumentar o vigor e o desempenho sexual nos homens.

Em alguns países as flores de Jacinto sugerem tristezas profundas e doçuras, mas para nós, brasileiros, ao contrário, seu significado tem um sentido bem mais simpático, regado a um toque tropical que lhe designa alegria, jovialidade, afeto, fé e resignação.

Os flores brancas de jacinto dizem respeito a rezar por uma pessoa querida; as flores amarelas indicam inveja; as flores azuis, a constância; as flores roxas significam um pedido de desculpas; e as flores vermelhas ou flores rosadas insinuam uma disputa.

Jasmin: Simbolizam a pureza, a delicadeza e a luz. Use em rituais de fadas, elfos da noite, anjos e seres alados. Para desbrutalizar uma mulher trazendo-lhe feminilidade. Para oferecer a Mercúrio e Vênus. Para poções e mandalas de cura de criança com problemas respiratórios.

 L 

Lantanas: Nas luas cheias ofereça Lantanas aos elementais e a Mercúrio, pedindo harmonia de grupo se turmas. As Lantanas de cores quentes são usadas de oferenda para deuses do fogo e de vulcões.

Lírio: Símbolo da pureza feminina e da “Viúva” na maçonaria, os lírios são oferecidos a Vênus, Afrodite, Hera, Oxum (Amarelos), Yemanjá (brancos). Para homens que são machistas e não respeitam as mulheres um ritual com lírios é uma grande solução, para quem tem neurose de pecado e sujeira, peça para deusa limpar a pessoa por dentro e que ela possa ver o que há de puro no mundo. O lirio é uma das flores mais antigas de que se tem notícia, faz parte de uma lista muito antiga de flores que foram consideradas mágicas pelo poder que teria, de proteção contra bruxaria e más vibrações. Acredita-se que, nos jardins, são verdadeiras barreiras contra malefícios.

Alguns dizem que o Lírio nasceu das lágrimas que Eva derramou ao abandonar o Jardim do Éden. Para os egípcios, as flores brancas de Lirio simbolizava a deusa Ísis, e os gregos pensavam que essas flores haviam brotados do leite que a Hera, deusa da lua, deixou cair, enquanto alimentava Heracles. Os cristãos a associam à Virgem Maria, fazendo alusão à pureza. Este fato justifica a presença da flor nos ramos das noivas. Houve um tempo em que se acreditava que os Lirios contribuíam para reconciliações de amantes, já que seus bulbos tinham poderes místicos que causavam a reaproximação dos namorados afastados. Outra crença do passado mostra o Lìrio como agente que elimina as más vibrações do interior da casa, e impede a chegada de malefícios, quando plantado nos jardins.

Lótus: Na mitologia grega, as Flores de Lótus estão relacionadas às virgens. Os egípcios contam que essas flores fazem parte do nascimento do mundo, ao lado dos deuses Rá e Osíris. Para os povos orientais, essas flores são símbolo da espiritualidade, pois só a vemos desabrochar aqui depois que ela nasce no mundo espiritual. Há uma lenda hindu que conta que Brahma, criador do universo, nasceu em uma Flor de Lótus que cresceu no umbigo Vishnou, o deus responsável pela manutenção do universo. Mandalas de Lótus são oferecidas as divindades orientais e para Deusa Kuan Yin. Simbolizam a iluminação, o despertar da consciência EU SOU, e o que há de melhor em cada um. Use me mandalas ou sobre o altar para entrar em sintonia com uma oitava muito alta e evoluir.

 M 

Madressilva: As Madressilvas são flores que trazem benefícios porque atrai o amor, a boa sorte e dinheiro, significa gentileza, delicadeza. Ajuda a alma a se despir dos sentimentalismos, resgatando a capacidade que os indivíduos têm de sonhar e de transformar as situações, despertando interesse pelo momento presente e por novos desafios. Par rituais de anjos e que se peça envolvimento feliz e puro com algo. Quando temos um projeto e não conseguimos nos envolver com ele. Dedique a Seraphis bey.

Magnólia: Em rituais e mandalas de esperança. Para quando se precisa suportar algo difícil. Oferecida a Isis e Ishtar. Quando precisamos de perseverança. Para recompor algo quebrado, para desfazer mal entendido.

Mandrágora: Usada em magias do amor, deve ser usada debaixo da cama por três dias. Ou suas raízes e flores nas mandalas de virilidade masculina.

Manjericão: Atua nas magias do amor, é ótimo antibiótico, em banhos de descarga e desobsessão e em spray refaz a aura.

Manjerona: É a senhora dos caminhos, atuando nos feitiços para que tomemos boas decisões e encontremos nossa vocação, também pode ser usada em feitiços de amor, pois é grande seu poder de abrir o coração.

Meimendro: Erva de Saturno, use-a na transmutação e quando quiser que algo se perpetue. Os rituais devem ser executados no sábado.

Melissa: Faça arranjos de melissa quando quiser a atenção do seu anjo da guarda e elementais da terra. Em chá é ótimo calmante aos nervos. Em defumações por vapor traz harmonia.

Margarida: A margarida é símbolo da inocência, pureza e virgindade. É a flor das crianças. Use-a em rituais solares e quando precisar de foco para estudar. Nos rituais de fadas faça buquês, pois lhes agrada e guirlandas de cabelo. Para problemas hormonais femininos dedique as margaridas a Deusa Ìsis.

Miosótis: Florzinhas azuis que significam amor sincero, amor verdadeiro, fidelidade. Use-as nos rituais de esquecimento e junto com madressilva nas poções de esquecimento que são ótimas para nos libertar do passado ou de alguém no passado.

As flores Miosotis também são conhecidas como “não se esqueça de mim” ou ”não me esqueças” em várias línguas — non-ti-scordar-di-me, na Itália, forget-me-not na língua inglesa etc. São várias as formas de se explicar o seu nome, são diversas as lendas e estórias que passaram de pai para filho. Em uma antiga e romântica lenda alemã, conta-se esse nome está relacionado à última frase de um cavaleiro que, tentando alcançar uma flor para oferecer para a sua companheira, por conta do peso da armadura caiu em um rio e se afogou. Em outra lenda, conta-se que o nome teria sido dado por Adão, ainda no Éden, que ao nomear as flores do jardim esquecera desta e, mais tarde, ao constatar que essa planta havia sido esquecida, deu-lhe então o nome de Miosotis como forma de compensação por seu esquecimento. Uma terceira lenda, cristã e popular, diz-se que as flores dessa planta teriam ficado da cor azul quando a Virgem Maria lhes derramou lágrimas por cima. Na Europa há um folclore que costuma atribuir diversos poderes mágicos ao Miosotis, tratando-o, por exemplo, como chave mágica para tesouros enfeitiçados.

Menta: dedicada ao elemento ar e ao fogo, trás harmonia mental e significa amor quente. Aspergida pela manhã traz a luz do dia. Ótima para ser usada nos dias de sol (domingo) e Lua (segunda-feira)

Mil folhas: Segundo Paracelso é a flor contra todas as maldições. Pode ser colocada pendurada a porta de entrada, debaixo do travesseiro e em poções de proteção. Na terapia floral fecha a aura de quem tem muita empatia.


 N 

Narciso: Flores de Eros e Afrodite. Use nos rituais de passagem de morte e também nos rituais de ver a verdadeira beleza dos coisas, oferecendo para Elohim Vista.

 O 

Orquídea: Embora muitos pensem que ela é parasita, em verdade esta flor tem o dom de nos fazer conectar com o mais profundo de nossa alma. Além de serem ótimas desobsessoras.

Há uma lenda que conta que, em certa manhã ensolarada, apareceu uma deusa deliciosamente perfumada com um delicado xale, na costa de Java. Passeava serenamente por um bosque repleto de sândalos, magnólias e carvalhos aonde os raios solares chegavam ao solo, filtrados pelos ramos das árvores, dissipando aos poucos a sombra da noite. Quando a deusa desapareceu, seu xale permaneceu sobre um ramo, numa posição em que recebia sombra e luz. Foi então que o xale se transformou em uma bela e misteriosa flor, a Orquídea, uma das mais fascinantes e sensíveis flores já vistas na natureza. A planta morreu quando os homens, sem delicadeza, pisotearam-no e a deixaram ali no chão, caída. Mas a bondade da deusa fez com que a Orquídeas revivesse a partir dos germes que ali ficaram, para que, no mundo, a partir de então, florescessem Orquídeas para admiração dos seres que a ele pertenciam. Hoje são flores de festas, luxuosas, mas no passado eram colhidas pelos homens e pelas mulheres do povo, para formar ramos a serem oferecidos aos seus deuses.

 P 

Papoula: Usada nos feitiços de transformação e para projeção no astral. Também auxilia a ver nossa sombra pessoal. Ofereça a Perséfone para pedir libertação de ilusão e divindades infernais.

Depois de ter sido raptada por Hades, Zeus permitiu a Perséfone renascer na primavera sob a forma de uma papoula. A papoula é conhecida há mais de cinco mil anos. Morfeu, deus dos sonhos, a recebia em oferendas, em forma de coroas. Consta que Júpiter transformara, em papoula, o jovem pastor que costumava imitar o canto do galo cada vez que via as ninfas nuas tomando banho.

Os sumérios e outros povos antigos já conheciam as propriedades da Papoula e dela faziam uso. Comiam as flores inteiras ou as mascavam para obter-lhe o sumo. Os Celtas as utilizavam em compressas nos bebês para que adormecessem, mas Hipócrates foi um dos primeiros a descrever seus efeitos medicinais contra diversas enfermidades e alguns estudiosos defendem a tese de um médico grego, em Roma, que realizou a padronização da preparação do ópio a partir de uma fórmula, conhecida como mitridato e a receitava para os gladiadores.

As flores da Papoula representam fertilidade, ressurreição, sonho, extravagância, fragilidade e beleza efêmera. Suas cores também possuem significados isolados, como: vermelha – prazer e extravagância, sendo utilizada quando há o desejo por um amor fora do comum; flores amarelas – é relacionada á saúde e ao sucesso;flores brancas – relaciona-se ao consolo, segundo a mitologia por ter sido criada pela deusa Céres, para abrandar sua dor enquanto procurava por sua filha Prosperine. A Papoula de flores brancas é também recomendada como presente para pessoas que têm dificuldades com insônia.

Peônia: As flores de Peonia representam sinceridade, timidez e arrependimento e indica a necessidade de que sementes de amor sejam floridas ao redor de cada um de nós. Use peônicas em rituais de Vênus e Anjos.

Petúnia: A Petunia, por sua própria constituição, representa revelações e a força espiritual que esclarece o mal-entendido, além de estimular o que se encontra adormecido e de ter o poder de transformar.

O grande filósofo Sócrates disse certa vez que “se uma alma quer conhecer a si mesma, é em uma outra alma que ela deve se olhar, e mais precisamente para o lugar da alma em que mora aquilo que lhe é mais precioso”. Daí, olharmos para a Petunia como a flor da sabedoria, das revelações. Uma flor que é o espelho do há de melhor na nossa alma. Use petúnias em seu altar de lua cheia para luz e esclarecimento. Faça mandalas em espelho para que as pessoas vejam suas verdades. Também é usada em rituais de cura para mulheres inférteis que desejam engravidar. Reconstitui amizades.

Prímula: Representa equilíbrio, renovação, harmonia, juventude e objetividade. São flores recomendadas para presentear sempre que se deseja incentivar e demonstrar seu apoio a uma pessoa querida. Use em rituais de anjo da guarda e para invocar o sol.


 R 

Rosa: Dedicada as todas as mães. Vermelha é usada nas magias de ciganos, Iansã, deusa Tara e magias de amor e paixão, assim como em poções e comidas. Rosa nas magias de harmonia e amor, dedicada a Deusa Vênus e Mestra Rowena, Amarela é dedicada da Deusa Fortuna, Diana, Oxum e usa nas magias solares e de abundância, é ótima para banhos – trazendo segurança e brilho; a branca é o símbolo da pureza e é ótima nos banhos de descarrego e proteção, deve ser dedicada a Cristo, Oxalá, Cernunus, Tara Branca, Maria, Ceridween; a violeta atua na transmutação e perdão, além de trazer paz e abundancia, deve ser dedicada a Kuan Yin, Xapanã e Saint-Germain; a Rosa tricolor é dedicada a todos os guias e é usada nos ritos para as fadas.

"Invoco o grande, o puro, o terno e grandioso amor, o deus alado, arqueiro, ágil e ardente…"

A lenda grega conta que a rosa é filha do borrifo que nasceu do sorriso de Eros. Paradoxalmente, ela é símbolo da virtude e do pecado.

Considerada a mais romântica das flores, a rosa representa o amor e suas nuances. Para cada cor destas flores, existe um significado que se torna especial e mágico a cada momento. As flores de cores vermelhas são fortes estão associadas ao amor intenso, a paixão, ao excessivo, ao vital e pleno, ao arrebatador. A uma tonalidade muito escurecida é comumente usada nos períodos de luto.

As flores amarelas representam amizade e felicidade, mas também pode indicar dúvidas ou ciúmes. Já, a rosa laranja transmite a idéia de fascínio ou encanto. A rosa rosa também diz respeito à amizade, mas de certa forma está também ligada ao carinho, gratidão, doçura e charme.

As flores de tom rosa claro das rosas são comumente entendidos como uma gentileza. A rosa chá representa respeito e admiração; a rosa branca quer dizer pureza, paz; e rosa champagne exprime admiração, simpatia, prazer e reverência.

Para presentear as senhoras de idade, aconselha-se rosas rosas, laranjas, amarelas, rosas-chá e champagnes. As rosas brancas são as mais apropriadas para presentear moças jovens, mas também servem as rosas rosas ou amarelas. Reserve as rosas vermelhas para demonstrar que está apaixonado.

Outros significados surgem ainda conforme elas se apresentam ou se misturam: um buquê repleto de rosas significa gratidão; um cacho de rosas representa encanto; uma coroa ou guirlanda é uma recompensa por mérito; rosas vermelhas e brancas representam união e harmonia; as amarelas com vermelhas significam alegria; vermelhas e rosadas representam o amor apaixonado; quando coloridas com tons claros representam amizade e solidariedade; coloridas com as vermelhas em destaque representam amor feliz; rosas sem espinhos falam de amor à primeira vista; e uma solitária rosa diz simplesmente: ‘te amo’.

 S 

Sempre-viva: Faça uma guirlanda ou uma mandala de semprevivas quando precisar de longevidade ou passar por momentos de grande sofrimento com distanciamento. Também são usadas nas mandalas dedicadas ao sol pelo seu formato e a senhora da morte para que alguém passe em paz. Encha sua casa de semprevivas quando quiser alegria e desapego. Seguindo à risca o teor expresso pelo seu nome, essa planta traz de volta, a vida para quem se esqueceu de que os problemas não se resolvem da noite para o dia e se machucam ao buscar respostas rápidas, quando é preciso ter paciência. Pessoas assim acabam se esgotando com circunstâncias adversas, perdendo a vontade de viver. A Sempre-viva revitaliza e regenera esse tipo de desgaste.

A Sempre-viva é uma planta medicinal com propriedade adstringente indicada para o coração, diarréia, erisipela, ferida, inflamação nos olhos, queimadura e reumatismo.

As emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças. Ao contrário disso, a manifestação desses sentimentos, seja direta ou simbólica, que transmita alegria e satisfação, tende a curar vários males. A pessoa presenteada com flores terá motivos para ficar se alegrar e se sentir especial, gesto que demonstra afeto e de carinho pode fornecer a energia da vital.

As flores sempre-viva podem levar alegria àquele que está triste, e beleza aonde não há.

 T 

Tulipas: Segundo a lenda, as tulipas eram as flores dos apaixonados. Muitos jardineiros, no Império Otomano perderam a língua para não terem condições de contar sobre os encontros amorosos que presenciavam junto às tulipas. Devem ser dedicadas a todas as deusas do amor e as fadas. Use tulipas também como poções base para curas pois trazem sustentação para que passemos por transformações. Tulipas são bem vistas pelos gnomos e duendes.

 V 

Violetas: De grande poder regenerativo, use em todos rituais de ondinas, de esquecimento, de perdão, para deuses do perdão, de rituais de cura e que envolvam anjos e crianças. Quando quiser que algo se torne sagrado coloque violetas na poção ou ritual.

Na Grécia Antiga as flores violetas eram usadas em homenagem aos noivos recém-casados.

Há uma lenda, também grega, que afirma que, ao transformar sua amante em vitela, Zeus fez com que os campos se cobrissem de violetas de modo a honrá-la, alimentá-la e perfumá-la.

As Violetas foram também, as flores escolhidas por Josefina para homenagear Napoleão, fato este que tornou essas flores bastante popular.

Essas flores representam lealdade, modéstia e simplicidade, sugerindo paz, sorte e beleza. É indicada para presentear os amigos.

 Z 

Zinnia: use em rituais que envolvam a criança interior, xamanismo, despertar da alegria, sprays contra tristeza, nos sprays afrodisíacos, nos ritos com calendário Maia e deidades Maias e Astecas, nas mandalas buddhicas de salvamento e iluminação, para pedir beleza e materialização rápida de um desejo.

As flores Zinia são exuberantes e radiantes representam os pensamentos e lembranças de pessoas queridas, sejam amigos, amantes ou parentes. Cada uma de suas cores destaca um pouco de sentimento, por exemplo: as flores amarelas, indicam a lembrança; as flores brancas destacam a bondade; as flores escarlate representam a constância; a vermelha sugere afeição; e quando misturada, indica o grande carinho por um amigo ausente.
____
Fonte: Templo de Azkaban: "Guia mágico das flores"