Translate

terça-feira, 31 de maio de 2011

31 de maio :: Proserpina




O rapto de Proserpina, de Luca Giordano - circa 1684-1686
Proserpina - ou Prosérpina, correspondente na Grécia a Perséfone - é uma Deusa do panteão da mitologia greco-romana, segundo a qual era filha de Júpiter com Ceres, uma das mais belas deusas da Roma antiga. 

Conta a lenda que enquanto Proserpina colhia flores, foi raptada por Plutão, que a tomou como sua esposa.

Sua mãe, Ceres, desesperada com o desaparecimento da filha, caiu numa fúria terrível, destruindo as colheitas e as terras. Ela devolveu a vida às plantas somente após um pedido direto de Júpiter, exigindo, no entanto, que Plutão lhe devolvesse a filha. Como, por um ardil deste último, Proserpina havia comido um bago de romã, não poderia abandonar o submundo de forma definitiva.


Acabou por se encontrar uma solução do agrado de todos: Proserpina passaria metade do ano debaixo da terra, no submundo, na companhia do marido - corresponde na época, ao Inverno, quando Ceres, desolada, descuida a Natureza, deixando morrer as plantas - e a outra metade do ano a superfície, na companhia da mãe - corresponde ao Verão, quando a Natureza renasce, fruto da alegria de Ceres.

Os romanos antigos dedicavam um festival, realizado no dia 31 de maio, à Proserpina. Existem algumas inscrições que relacionam essa deusa romana com a deusa lusitana Atégina. Ao lado do mito de Rômulo e Remo, supostamente fundadores da cidade de Roma, o rapto de Proserpina é uma das lendas mais conhecidas e famosas da mitologia romana.

fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre - ENGLISH VERSION

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Coríntios 12-13 ∞ Acerca dos Dons Espirituais ∞ O Amor

Coríntios 12

1. Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

2. Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.

3. Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz: Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.

4. Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.

5. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.

6. E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.

7. Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.

8. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;

9. E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;

10. E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.

11. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

12. Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.

13. Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.

14. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos.

15. Se o pé disser: Porque não sou mão, não sou do corpo; não será por isso do corpo?

16. E se a orelha disser: Porque não sou olho não sou do corpo; não será por isso do corpo?

17. Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde estaria o olfato?

18. Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis.

19. E, se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo?

20. Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo.

21. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.

22. Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários;

23. E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra.

24. Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela;

25. Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros.

26. De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.

27. Ora, vós sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.

28. E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

29. Porventura são todos apóstolos? são todos profetas? são todos doutores? são todos operadores de milagres?

30. Têm todos o dom de curar? falam todos diversas línguas? interpretam todos?

31. Portanto, procurai com zelo os melhores dons; e eu vos mostrarei um caminho mais excelente.

Coríntios 13

1. Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

3. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4. O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8. O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9. Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10. Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11. Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12. Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13. Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Fonte: Bíblia Sagrada - Corintios 12-13