Translate

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Qual o dia certo para o católico montar sua Árvore de Natal?




Data

O mês de dezembro está aí, e com ele o Natal. Mesmo em se tratando de uma prática cristã antiga, muitos adultos se confundem sobre a data certa para montar a árvore de Natal. O dia correto, segundo a CNBB, Confederação Nacional dos Bispos do Brasil, a árvore de natal, que simboliza a vida, deve ser montada no primeiro domingo do Advento, que marca o começo deste tempo litúrgico. O Advento começa exatamente quatro domingos antes do Natal.

Como montar 

A igreja aconselha que se monte a árvore aos poucos, e não tudo de uma só vez. Comece no dia 30 e aproveite as quatro semanas restantes para o Natal para acrescentar outros acessórios, enfeites e luzes em geral... A montagem da árvore é um bom momento para ser dedicado à família e para a reflexão sobre o sentido do Natal. 

Participação 

A dica é convidar as crianças para montar, tanto a árvore quanto o presépio. Isso ajuda a fazer com que elas conheçam o sentido e a importância da data. Hoje a árvore tem um papel mais social do que religioso, mas ao reunir as crianças para montá-la. A ocasião é perfeita para os parentes explicarem o significado do Natal as crianças: o nascimento do menino Jesus. 

História 

"A árvore como símbolo do Natal nasceu no norte da Europa, quando, no inverno rigoroso da região, só o espruce, ou abeto, (da família do pinheiro e do carvalho) resistia verde". "As pessoas passaram a ligar a árvore que não sucumbia ao frio à esperança cristã e passaram a colocá-la dentro das casas, dando início ao costume", explica o padre Hernaldo Pinto Farias, da CNBB. 

E sabe por que se usa uma estrela no alto do pinheiro? Ela simboliza a luz da estrela que guiou os reis magos em direção ao menino Jesus, diz FariasA árvore de Natal deve ficar montada até o Dia de Reis, em 6 de janeiro, porque foi nesse dia que os reis magos encontraram o menino Jesus. O Natal, provem do latim 'natális', por sua vez derivada do verbo 'nascor, nascéris, natus sum, nasci', que significa nascer. Como adjetivo, significa o local onde ocorreu o nascimento de alguém ou de alguma coisa. 

De 'natális' deriva também 'natureza', o somatório das forças ativas em todo o Universo.

A data é amplamente reconhecida como uma festa religiosa, é a celebração do nascimento de Jesus. O Natal é comemorado no dia 25 de Dezembro desde o Século IV pela Igreja Ocidental, e, desde o século V pela Igreja Oriental. Na Igreja Ortodoxa o Natal é comemorado no dia 7 de Janeiro. 

☞ Clique aqui e leia mais sobre o Natal...

Recomendado para você

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Salmo XXXVII: “A esperança depende da perseverança”



Antes de qualquer coisa é necessário deixar muito claro que todo e qualquer salmo só é verdadeiramente ativado, quando o rezamos em voz alta, é como se estivéssemos de fato conversando com alguém no momento da oração.

Após terminarmos a evocação, é de fundamental importância que em voz alta ainda, façamos a ativação das intenções, como por exemplo Estou rezando este salmo na intenção de..., ou ainda através deste salmo peço que...

Sempre devemos dizer para o Universo qual a verdadeira intenção do salmo que acabamos de ativar. Devemos também sempre nos afastar para um lugar calmo e reservado, isso vai ajudar muito na concentração. Uma forma muito positiva de ativar o salmo é também no final da oração já agradecer pela graça alcançada. Os melhores horários para os salmos é as 6h00, 12h00, e as 18h00.

Sempre rezar o salmo no mínimo 3 e no máximo 7 vezes consecutivas.

Salmo 37: Perseverança, prosperidade, coragem e determinação para vencer as dificuldades mais urgentes. Leia o salmo 37 também para receber graças no casamento, na maternidade e para ter prosperidade em todos os campos. 

1. Não te enfades por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade.

2. Pois em breve murcharão como a relva, e secarão como a erva verde.

3. Confia no Senhor e faze o bem; assim habitarás na terra, e te alimentarás em segurança.

4. Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração.

5. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará.

6. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu direito como o meio-dia.

7. Descansa no Senhor, e espera nele; não te enfades por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa maus desígnios.

8. Deixa a ira, e abandona o furor; não te enfades, pois isso só leva à prática do mal.

9. Porque os malfeitores serão exterminados, mas aqueles que esperam no Senhor herdarão a terra.

10. Pois ainda um pouco, e o ímpio não existirá; atentarás para o seu lugar, e ele ali não estará.

11. Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz.

12. O ímpio maquina contra o justo, e contra ele range os dentes,

13. mas o Senhor se ri do ímpio, pois vê que vem chegando o seu dia.

14. Os ímpios têm puxado da espada e têm entesado o arco, para derrubarem o poder e necessitado, e para matarem os que são retos no seu caminho.

15. Mas a sua espada lhes entrará no coração, e os seus arcos quebrados.

16. Mais vale o pouco que o justo tem, do que as riquezas de muitos ímpios.

17. Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas o Senhor sustém os justos.

18. O Senhor conhece os dias dos íntegros, e a herança deles permanecerá para sempre.

19. Não serão envergonhados no dia do mal, e nos dias da fome se fartarão.

20. Mas os ímpios perecerão, e os inimigos do Senhor serão como a beleza das pastagens; desaparecerão, em fumaça se desfarão.

21. O ímpio toma emprestado, e não paga; mas o justo se compadece e dá.

22. Pois aqueles que são abençoados pelo Senhor herdarão a terra, mas aqueles que são por ele amaldiçoados serão exterminados.

23. Confirmados pelo Senhor são os passos do homem em cujo caminho ele se deleita;

24. ainda que caia, não ficará prostrado, pois o Senhor lhe segura a mão.

25. Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão.

26. Ele é sempre generoso, e empresta, e a sua descendência é abençoada.

27. Aparta-te do mal e faze o bem; e terás morada permanente.

28. Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos. Eles serão preservados para sempre, mas a descendência dos ímpios será exterminada.

29. Os justos herdarão a terra e nela habitarão para sempre.

30. A boca do justo profere sabedoria; a sua língua fala o que é reto.

31. A lei do seu Deus está em seu coração; não resvalarão os seus passos.

32. O ímpio espreita o justo, e procura matá-lo.

33. O Senhor não o deixará nas mãos dele, nem o condenará quando for julgado.

34. Espera no Senhor, e segue o seu caminho, e ele te exaltará para herdares a terra; tu o verás quando os ímpios forem exterminados.

35. Vi um ímpio cheio de prepotência, e a espalhar-se como a árvore verde na terra natal.

36. Mas eu passei, e ele já não era; procurei-o, mas não pôde ser encontrado.

37. Nota o homem íntegro, e considera o reto, porque há para o homem de paz um porvir feliz.

38. Quanto aos transgressores, serão à uma destruídos, e a posteridade dos ímpios será exterminada.

39. Mas a salvação dos justos vem do Senhor; ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.

40. E o Senhor os ajuda e os livra; ele os livra dos ímpios e os salva, porquanto nele se refugiam.




sábado, 12 de outubro de 2013

Ibeji :: Taiwo e Kheinde :: Os Orixá protetores dos gêmeos



São os Orixá protetores dos gêmeos, na mitologia Yorubá. O nome deles é Taiwo e Kheinde, são filhos de Xangô com Oyá e foram criados por Oxum. Os Yorubás acreditam que era Kheinde quem mandava Taiwo supervisionar o mundo, onde a hipótese de ser aquele o irmão mais velho cada gêmeo é representado por uma imagem, os Yorubás colocam oferendas diante de suas imagens para invocar a benevolência dos Ibeji.

Os pais de gêmeos costumam fazer sacrifícios a cada oito dias em honra a Ibeji. O animal tradicionalmente associado a Ibeji é o macaco kolobo polykomos ou kolobo real, que é acompanhado por uma grande lenda mística entre os africanos. Eles possuem coloração preta, com detalhes brancos, pelas manhãs eles ficam acordados em silêncio na copa das árvores, como se estivessem em oração ou contemplação, dai eles serem considerados por vários povos como o mensageiro dos Deuses ou tendo a habilidade de escutar os Deuses.

Ibeji, o único Orixá permanentemente duplo, aproxima-se de Exu pelo  seu comportamento arquetípico independente. É formado por duas entidades distintas e sua função básica é indicar a contradição, os opostos que coexistem. Num plano mais terreno, por ser criança. A ele é associado a tudo o que se inicia: a nascente de um rio, o germinar das plantas, o nascimento de um ser humano.

Mostram um temperamento infantil, brincalhão, sorridentes, irrequietas, de muita energia nervosa.  São muito cativantes e carinhosos, com uma sensibilidade sempre à flor da pele; por isso mesmo, magoam-se com facilidade, exageram as contrariedades e agressões que recebem e se deixam levar por mal-entendidos.

"Ajubá Ibeji orô, Xangô d'Ibeji, Oxum d'Ibeji, Oiá n'Ibeji, gbogbô ouô fum uá oxá Ibeji, Ibeji orô!"

"Nossos respeitos a Ibeji, Deuses tão importantes quanto Xangô e Oxum, Ibeji filhos de Oiá, Deuses que trazem a riqueza para todos, Deuses Gêmeos!"  

Como a maior parte das crianças, gosta de estar em meio a muita gente. As pessoas freqüentemente temem Ibeji: poderoso como todo o Orixá, a criança-divindade, entretanto, entende os pedidos de maneira simplista, o que pode levar a conseqüências não previstas pelas entidades em geral. Por outro lado, têm a reputação de ser extremamente fiéis às pessoas que conquistam sua confiança.

Ibeji

O preto e o branco
A areia e o mar
O sol e a lua
O inverno e o verão
O outono e a primavera
Terra e fogo
Água e ar
O liquido e o sólido
O visível e o invisível
O concreto e o abstrato
A tristeza e a felicidade
A saúde e a doença
O alto e o baixo
A vida e a morte
O dia e a noite
Razão e emoção
O liso e o estampado
O quente e o frio
O velho e o novo
O céu e o inferno
1 minuto e a eternidade
O prazer e dor
O real e a ilusão
O norte e o sul
O leste e o oeste
O progresso e a o retrocesso
O homem e a mulher
O amor e o ódio

Tão opostos, tão perfeitos
Estão sempre lado a lado
Em perfeita sintonia
Juntos, estão em todas as coisas
E em todos os lugares
Embora não sejam sempre concretos
Podem ser vistos na pratica a cada momento
Representados pelo Ying-Yang...
Opostos, juntos, um no outro
Em perfeita harmonia. 


Qualquer participação de Ibeji em cerimônias, dá um toque alegre e inconseqüente à ela, sendo freqüente que as comidas ritualísticas a eles oferecidas recebam enfeites como fitas de cetim em cores vivas. A Ibeji se oferece todas as cores vivas e as roupas de seus filhos, em cerimônia, são multicoloridas. São homenageados aos domingos, recebendo como comidas rituais, doces, bolinhos, balas, e refrigerantes.

Ádurà Ibejì

Igbà Órìsà
(Orixá eu te saúdo)

Órìsà Ibéjì
(Orixá Ibeji)

Dakùn dabó, ma jékì a rì Ikù Omodé,
(Não permita que haja a morte de crianças)

Ma jékì a rì Ikù agbà,
(Não permita que haja a morte de adultos)

Enitì ó bì, máà jékì ó sokùn,
(Quem tem para não chorar)

Máà jékì a kù Ikù airotélé,
(Não deixe acontecer a morte imprevista)

Fun mi lowó latì sé nkan gbógbó,
(Me dê dinheiro para minhas necessidades)

Iwó ti só alakisà di alasó, jowó só akisà mi di asó,
(Você que torna o pobre rico, me torne rico)

Iwó to ti essè mejé ji bé silé alakisà, jowó bé silé mi,
(Você que entrou na casa do pobre, peço entre na minha)

Órìsà Ibejì, pelé ó,
(Orixá Ibeji eu te saúdo)

Ejiré àra isokùn,
(Ejirê de Issokun)

Jowó só mi di oloró.
(Peço, me torne próspero).

Orìkí fún Ibeji

B'eji B'eji're
B'eji B'eji'la
B'eji B'ejiwo
Igbá omo ire
Axé

Orìkí para Ibeji

Dar a luz aos gêmeos traz fortuna boa
Dar a luz aos gêmeos traz abundância
Dar a luz aos gêmeos traz dinheiro
Saudar as crianças das coisas boas
Axé

fonte: http://obakeloje.webs.com/oxumlogumeibeji.htm - acessado em 11/10/13 as 00h07

terça-feira, 16 de julho de 2013

Nosso irmão, Francisco I, o Papa do Povo



Todo poder emana de Deus para o povo e, penso que para exercer este poder de forma autentica, ele deve ser exercido em nome do povo. Creio ser esta a vontade de Deus e que o Papa Francisco vive e professa essa mesma crença. 

Ter fé no povo é ter fé em Deus. Quem não tem o povo no coração tem que exercitar mais sua fé. O ser humano é um animal político e, com fé, um animal político que ama, e se ama, é porque tem alma.

"Amai ao próximo como a ti mesmo" é legado que o Cristo nos deixou, então se ame para poder amar ao próximo. 

Excerça sua cidadania e participe das decisões políticas, com fé em Deus atravás do amor AQUELE que é o Grande Arquiteto Do Universo, amando aqueles que ELE AMA. Respeite o lívre arbítrio, viva e deixe viver pois cada qual sabe o que é melhor para sí. 

Não se preocupe com o próximo, apenas ame-o! Deus sabe o que é melhor para todos; ao tempo que o povo sabe qual é a vontade DO Criador de Todas As Coisas; sejam elas as coisas boas ou as coisas más, e, Ele nos deu essas mesmas coisas para usarmos elas com sabedoria, não para sermos usados estupidamente por elas. 

O Papa Francisco mostra a sabedoria de um homem que sabe distinguir bem entre humilde e ser modesto, entre ser povo ou não ser, ensina o verdadeiro amor, o mesmo que o Pai tem por seus filhos.

Acima de qualquer um de nós, espiritualmente falando, existe Deus, abaixo apenas o solo no qual pisamos. Me alegra ver que temos, todos nós, um Papa que realmente tem pés no chão! 

Me anima ser Católico e jamais me desanimará, mesmo que seja criticado ou me torne alvo de preconceito, ser um Cristão Místico. Assim, a minha maneira, tenho a cada dia aumentada minha compreensão sobre todas as coisas. Aprendo a cada dia, da mesma forma que dia após dia procuro transmitir o pouco que sei e, com humildade, alegro-me em estar com o povo. 

Portar a Luz é sabe levar a iluminação onde ela se faz necessária, seja onde for. Assim manifesto meu amor ao próximo e para com o Pai. A tarefa do Papa é a mesma de todos nós. A missão é a mesma irmão e irmãs; a política é a ferramenta, a ágora é o meio, o amor pelo povo é o amor ao próximo. Afinal de contas nós somos o povo e, cada um de nós é nada além de que mais um no meio da multidão, o povo somos nós.

A falsa modéstia é nada mais que uma armadilha dos ímpios e infiéis para arrebanhar pessoas de pouca fé, em nome de interesses meramente materiais. Que possamos professar a caridade pura; que a iluminação nos traga a fé e a razão, a caridade e a humildade, para que assim Deus permita que nos transfiguremos num espelho onde há de se refletir A SUA divina Imagem. 

Seja bem-vindo Papa Francisco, peço licença para lhe chamar de irmão!


sábado, 13 de julho de 2013

Símbolos da Alquimia
















quarta-feira, 5 de junho de 2013

Lei, amor, respeito, humanidade e respeito ao livre arbítrio




O espaço é livre. Todos têm direito de ocupar seu espaço, sem jamais entrar no do próximo sem antes pedir licença. O LIVRE ARBÍTRIO DEVE SER RESPEITADO DA MESMA FORMA QUE O DIREITO DE IR E VIR DE CADA UM.

O tempo é livre. Todos vivem em seu tempo, tudo acontece no tempo certo, nem antes nem depois mas sim no exato momento escolhido pelo Grande Arquiteto do Universo.

A colheita é livre. Todos têm direito de colher e se alimentar do que bem entender, pois tudo nesse mundo, de bom ou de "ruim" foi colocado aqui pelo Arquiteto para PROVEITO, uso de sua criação.

A semente é livre. Todos têm o direito de semear suas idéias sem qualquer coerção, desde que não imponha ao outros o que acha "certo" ou "errado" a manifestação da opinião, das idéias, é livre e vai além da sabedoria ou ignorância. A ESCOLHA É LIVRE.

Não existe mais a classe dos ARTISTAS, CIENTISTAS OU INTELECTUAIS. Todos nós somos capazes de plantar e de colher. Todos nós vamos mostrar à SOCIEDADE e ao Mundo a nossa capacidade de criação.

Tod@s somos escritores, donas-de-casa, patrões e empregados, clandestinos e PASSAGEIROS, sábios e BURROS, CARETAS e LOUCOS, o início, o fim e o meio, tudo e nada... O que for, fato é que SIMPLESMENTE SOMOS

O grande milagre não será mais ser capaz de andar nas nuvens ou caminhar sobre as águas. O grande milagre será o fato de que todo dia, DE DIA E DE NOITE, SOMOS LIVRES PARA CAMINHAR SOBRE A TERRA, onde ABAIXO DE NOSSOS PÉS HÁ APENAS O SOLO NO QUAL PISAMOS, ACIMA SOMENTE DEUS.

FAZ O QUE QUISERES POIS HÁ DE SER O TODO DA LEI. TODO SER VIVO TEM O DIREITO DE VIVER DE ACORDO COM SUA PRÓPRIA LEI. O SER HUMANO TEM O DIREITO DE PENSAR O QUE QUISER E DE SE MANIFESTAR LIVREMENTE. SAIBAS QUE É RESPEITANDO QUE SE É RESPEITADO E QUE O DIREITO DE UM VAI ATÉ ONDE COMEÇA O DO PRÓXIMO.

O SER HUMANO É HERDEIRO DA TERRA E O ARQUITETO DO UNIVERSO DEU A TODOS, SEM EXCEÇÃO, O DIREITO DE PENSAR O QUE QUISER, DE FALAR O QUE QUISER, DE AMAR COMO QUISER. DEUS É PAI E COMO BOM PAI TRATA A TODOS OS SEUS FILHOS DE MANEIRA IGUALITÁRIA, RESPEITANDO E AMANDO A PARTICULARIDADE DE CADA UM. SOMOS MUITO APARENTEMENTE, MAS MACROSCOPICAMENTE, QUANDO SE OLHA DE CIMA, SOMOS UM. 

O QUE ESTÁ ENCIMA É O QUE ESTÁ EMBAIXO E O QUE ESTÁ EMBAIXO É O QUE ESTÁ ENCIMA. DESEJO É AMOR E AMOR É DESEJO SOB VONTADE, ASSIM É A LEI E A FONTE DA ALEGRIA DO HOMEM. É NA ALEGRIA QUE REFLETIMOS A IMAGEM DO GRANDE ARQUITETO, PAI E CRIADOR DE TODAS AS COISAS VISÍVEIS E INVISÍVEIS.

ABAIXO DE NÓS ESTÁ APENAS O SOLO NO QUAL PISAMOS E ACIMA APENAS DEUS!

___________

sábado, 11 de maio de 2013

Pretos-Velhos :: 13 de Maio




"NESTA TERRA MOÇO... 
EU RACHEI A MINHA MÃO... 
E nas covas do meu rosto, eu plantei a Solidão... 
Levarei no meu malote, um rosário de apelos... 
Cicatrizes de chicote... 
A Velhice nos cabelos... 

A Esperança adormecida... 
E o nascer para uma Vida... 
Onde não tem Solidão... 
Me de tua mão seu Moço... 
Venha sentir meu Calor... 
Plante a semente comigo... 

QUE AMOR E TRIGO, NA SENZALA VIRA FLOR... 

(Trecho da Música em homenagem aos Pretos Velhos) 

LIVRE É AQUELE QUE LIBERTA... 

Diante disso podemos dizer que:

 “EM CADA NEGRO TEM UM BRANCO QUE A PRINCESA LIBERTOU”

Salve 13 de Maio!"