Translate

terça-feira, 15 de setembro de 2009

A importância da Psicologia

"Quando uma criatura se sente oprimida e a si mesma se interroga qual a razão desse sentir, já que tudo aparentemente lhe corre bem, os ventos lhe parecem sempre favoráveis, enfim, tudo em redor de si demonstra brilho, essa impressão, esse sentimento que a oprime parece não ter significação. No entanto ele existe, às vezes, num pequenino nada, que parece nada, mas que tem importância para os espíritos sensíveis, que possuem sentimento diferente dos da sua época. Não queirais nunca decepcionar esses espíritos, porque uma decepção para um espírito desses tem uma repercussão tão grande que nem podeis avaliar.

Insensíveis, indiferentes e displicentes são, atualmente, muitos espíritos, talvez porque a vida na sua agitação constante, modernizando os hábitos e costumes, tenha-os levado a esse estado. Talvez, pela educação recebida, possam eles tudo ver e por tudo passar, sem se deixar abater. Mas é fato e fato verídico que, para certos espíritos, uma decepção tem o efeito de uma catástrofe espiritual, e esses espíritos, quando feridos, jamais voltam a ser aquilo que foram. O ferimento espiritual deixou impregnada uma marca indelével no seu ser, que o acompanha até o final da existência.

O Racionalismo Cristão, Doutrina psicológica, espiritualista, estuda os diversos estados de espírito daqueles que vivem neste mundo e explica o daqueles que já não pertencem à vida física. O estudo da Psicologia na vida dos seres humanos tem uma grande importância. E o Racionalismo Cristão, sendo uma doutrina espiritualista capaz de tudo explicar racionalmente àqueles que freqüentam as suas Casas, defende essa tese que, agora, muito preocupa os educadores psicólogos, aqueles que procuram estudar a humanidade, desvendando os seus sentimentos para melhorar a situação do mundo. Melhoria que só se pode fazer por uma educação racional e científica, combatendo aqueles denominados complexos que se apoderam dos espíritos e que precisam desaparecer, para só perdurarem e predominarem a razão e o raciocínio certo e seguro.

O estudo da psicologia humana tem grande importância no Racionalismo Cristão. Ele ensina Psicologia há muito tempo: ele, por si mesmo, é a Psicologia verdadeira. Todos os espíritos que possuem clarividência, já livres da matéria, lutam e trabalham para a melhoria da humanidade. Estudando, portanto, a humanidade no íntimo, na sua parte espiritual, nós, melhor do que ninguém, a conhecemos.

Tudo passa neste mundo, dizem aqueles que vivem nele, julgando que com essa teoria fazem desaparecer os vestígios que ficam impregnados no espírito. Mas nós sabemos muito bem que, se muita coisa passa neste mundo, há também muitas que não passam assim com essa facilidade, como julgam. Só por meio de uma educação espiritual ministrada, desde o lar, pelos pais zelosos aos seus filhos; nas escolas, pelos professores capazes e que se interessam pela formação, não só intelectual mas também espiritual dos seus alunos; até depois de adultos, quando os próprios espíritos se tornarão capazes de se educar a si mesmos. Só, portanto, uma educação que reforme e retempere os espíritos conseguirá fazer com que se mantenham equilibrados, ponderados, moderados e justos.

A formação do caráter precisa ser feita mediante um estudo espiritual e de maneira inteligente. Há muita falha de caráter neste mundo e essa falha existe por não haver uma educação adequada à formação desses caracteres.

Pensam muitos dos que vivem neste mundo que viver é procurar distrair-se o ser e gozar uma vida dissipada. Mas o fato é que a vida, para ser bem vivida, precisa ser algo mais do que vem sendo para muita gente. Essa displicência, esse pouco caso que se observa, traz conseqüências bem desagradáveis e até funestas à humanidade. E nós nos interessamos pelo esclarecimento da humanidade e mesmo nos esforçamos para fazer compreender àqueles que nos procuram a necessidade de se esclarecerem para que possam viver racionalmente, dando ao espírito tudo que necessita, para que possa bem irradiar sobre o corpo e poder locomover-se com facilidade neste mundo. Dar também a esse corpo o necessário para que possa se movimentar livremente, livre de achaques, livre de enfermidades, para que possa o seu espírito bem cumprir o seu dever. Tudo, para o Racionalismo Cristão, tem uma explicação racional, e a maior parte dos males que atacam a humanidade, as irregularidades, os erros que cometem os homens têm por base, ou têm por fundamento o desequilíbrio espiritual, e esse desequilíbrio só desaparecerá quando os espíritos estiverem preparados para a vida, souberem tudo enfrentar, tudo ver e tudo observar, sem se deixarem abater e sem, sobretudo, se deixarem envolver por essa onda de indiferentismo, de poucos sentimentos, ou de covardia espiritual."

FONTE: LUIZ DE MATTOS - CLÁSSICOS DO RACIONALISMO CRISTÃO - Volume 1 - 2ª edição - Centro Redentor - Rio de Janeiro - 2001.

Nenhum comentário: