Translate

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Prece e Orações ao Caboclo Sete Flechas



Indios Pataxós/Valter Campanato/ABr
Caboclos são entidades que se apresentam como espíritos indígenas. As entidades assim denominadas que se apresentam nos terreiros de Umbanda são espíritos com certo grau de evolução espiritual. 

São espíritos de índios que já morreram e que viraram guias de luz que voltam à Terra para prestar a caridade ao próximo, ou almas de pessoas que assumiram a roupagem fluídica de caboclo como instrumento de ideal. São da Linha das Matas.

Apresentam-se altaneiros, dando o seu grito de guerra e gesticulando como se lançassem suas flechas. Normalmente seus conselhos visam a melhorar o ânimo dos mais necessitados. A imagem quase sempre condiz com a figura do bom selvagem romantizado, belo, puro, nobre e arrojado. São espíritos sérios e bastante contidos. Normalmente os consulentes os tratam com muito respeito e até algum temor.

Geralmente se utilizam de charutos para provocar a descarga espiritual de seu médium e também do seu consulente. Alguns assoviam, outros bradam no ato da incorporação. Costumam ser bastante sérios nos seus conselhos. São considerados, portanto, grandes trabalhadores dos terreiros.

Caboclo Sete Flechas


Conta o folclore de Umbanda que o Caboclo Sete Flechas era um índio oriundo da tribo dos Patachós, que se localizava na Mata Escura na época (entre os anos 200 e 300), onde hoje é o Estado da Bahia, é um Caboclo que vem na Irradiação de Oxóssi, podendo ser cruzado para vir na vibração cósmica  de todos os Orixás.

O Caboclo Sete Flechas recebeu as suas Flechas de 7 Orixás, a mando do Pai Oxalá, conforme segue:

* Oxóssi colocou uma Flecha no seu Braço direito, flecha da saúde para que derrame sobre nós os bálsamos curadores.

* Ogum colocou uma flecha no seu braço esquerdo, flecha da defesa para que sejamos defendidos de todas as maldades materiais e espirituais.

* Xangô cruzou uma flecha em seu peito, para nos defender das injustiças da humanidade.

* Iansã Cruzou uma flecha em suas costas, para nos defender de todas as traições de nossos inimigos.

* Iemanjá colocou uma flecha sobre sua perna direita, para abrir os nossos caminhos materiais e na senda da espiritualidade.

* Oxum colocou uma flecha sobre sua perna esquerda, para lavar os nossos caminhos, iluminar os nossos espíritos e nos defender de todas as forças contrárias à vontade de Deus.

* Omulu/ Obaluaiê entregou em suas sagradas mãos a flecha da força astral superior, para distribuir a humanidade a Divina força da fé e da verdade.

O Caboclo Sete Flechas tem um conhecimento profundo das ervas e das folhas de nossa flora e da flora de outros países, trabalha na cura, exímio vencedor de grandes demandas espirituais e como alguns costumam dizer ele é um Caboclo mandingueiro, ou seja, quebrador de mandingas destinadas a seus filhos e a seus protegidos, manipulador das energias do Astral e não fica "amarrado" a nenhuma vibração, ele trabalha dentro de todas as vibrações, de todos os os Orixás, juntamente com os falangeiros sob seu comando.

Prece do Caboclo Sete Flechas

"Salve Deus Pai, criador de todo o Universo! 
Salve São Sebastião, rei da mata e chefe de todos os Caboclos! 
Salve Pai Sete Flechas e sua falange guerreira! 

Pai Sete Flechas baixai sobre nós um jato de vossa divina luz, iluminando os nossos espíritos, para que possamos entrar em comunhão com esta centelha de luz divina que emana de vossas sagradas flechas, nos defendendo e amparando neste mundo terreno. 

Salve as sete flechas que vos foram dadas, espiritualmente, para nos defender de todas as provas que não nos vem de Deus. 

Bendito seja São Sebastião que vos botou sobre o vosso braço direito a flecha da saúde para que derrame sobre nós os bálsamos curadores; 

Bendito seja São Jorge, que botou sobre vosso braço esquerdo a flecha da defesa, para que sejamos defendidos de todas as maldades materiais; 

Bendito seja São Jerônimo, que vos cruzou uma flecha em vosso peito para defender-nos das injustiças da humanidade; 

Bendita seja a grande mãe, Senhora da Conceição, que botou uma flecha em vossas costas, para defender de todas as traições de nossos inimigos; 

Bendito seja o Senhor do Bonfim, que vos botou uma flecha sobre a perna direita para abrir os nossos caminhos materiais e na senda da Espiritualidade; 

Bendita seja Nossa Senhora dos Navegantes, que botou uma flecha sobre vossa perna esquerda, para lavar os nossos caminhos, iluminando os nossos espíritos e defendendo-nos de todas as forças contrárias à vontade de Deus; 

Bendito seja São João Batista, que entregou em vossas sagradas mãos a flecha da força astral superior, para a humanidade, a divina força da fé e da verdade.

Deus Pai foi quem ordenou, os santos as flechas lhe entregou; com as forças das sete flechas, Pai Sete Flechas me abençoou

Amém!"



Imagem em gesso do Caboclo Sete Fechas
Oração do Caboclo Sete Flechas

"Salve Zambi, Pai e Criador de todo o Universo! Salve Oxóssi, Rei da Mata e chefe de todos os Caboclos! 

Salve Seu Sete Flechas e sua falange guerreira! Sete Flechas, baixai sobre nós um jato da vossa divina luz, iluminando os nossos espíritos para que possamos entrar em comunicação com esta centelha de luz divina que emana das vossas sagradas flechas, defendendo e amparando-nos neste mundo terreno. 

Salve as sete flechas que vos foi dada, espiritualmente, para defender-nos de todas as provas que não nos vem de Zambi.

Bendito seja Oxóssi que vos o colocou sobre o vosso braço direito a flecha da saúde para que derrame sobre nós os bálsamos curadores; 

Bendito seja Ogum, que colocou sobre vosso braço esquerdo a flecha da defesa para que sejamos defendidos de todas as maldades materiais e espirituais; 

Bendito seja Xangô que vos cruzou uma flecha em vosso peito para defender-nos das injustiças da humanidade; 

Bendita seja a grande Mãe Yemanjá que colocou uma flecha em vossas costas para defender-nos das traições de nossos inimigos.

Bendito seja Oxalá que vos colocou uma flecha sobre vossa perna direita para cobrir os nossos caminhos materiais e a senda da espiritualidade, 

Bendita seja as Santas Almas que vos botou uma flecha sobre vossa perna esquerda, para lavar os nossos caminhos, iluminando os nossos espíritos e defendendo-nos de todas as forças contrárias à vontade de Deus,

Bendito seja os Ibejis que entregaram em vossas sagradas mãos a flecha do astral superior, para dar à humanidade a divina força da fé e da verdade. 

Zambi foi quem ordenou, os Orixás as flechas vos entregou. 

Com as forças das sete flechas, Seu Sete Flechas me abençoou!"

(Fonte-web:http://povodearuanda.wordpress.com/2007/09/10/Caboclos/)

Oração ao Caboclo Sete Flechas para pedir a cura

"Peço índio Sete Flechas e mentores espirituais, principalmente, os integrantes da corrente médica do espaço, que coloquem nesta água os fluidos astrais magnéticos 

(colocar um copo com agua para beber ao final da oração)

de que preciso para curar a doença existente em meu corpo físico. 

(dizer o nome da enfermidade)

Embora reconhecendo merecedor dessa moléstia, por culpa exclusivamente minha, devo tê-la criado em decorrência de imperfeição moral, fruto de condicionamento psíquico de outras vidas, ou consequência de excessos prejudiciais, consciente ou inconscientemente praticados nesta existência, por fraqueza ou ignorância espiritual em prazeres e extravagâncias mundanas. 

Sendo este meu pedido tido como um arrependimento sincero diante de Deus, pretendo, assim, a Sua benevolência e a consequente atenuação dos efeitos mórbidos, para, com mais saúde e vitalidade, procurar estar em harmonia com as leis divinas, das quais estive afastado pela incompreensão, perdoável, no entanto, pela Bondade do Criador.

Amém!"

(fonte-web:http://www.indioseteflexas.blogger.com.br/2005_03_01_archive.html)
____
Fonte: Com informações da Wikipédia (verbete Caboclos na Umbanda), web e folclore brasileiro de Umbanda - Imagens: Pataxós/Wikimedia Commons - Seu Sete Flechas/YouTube (snapshot) - Imagem do Caboclo Sete Flechas em gesso/Bazar pai João

Nenhum comentário: