Translate

terça-feira, 2 de agosto de 2011

A Bíblia: História ou Mito?

por Jeffrey Small, autor de 'The Breath of God'
traduido por Ronald S Stresser Jr - sin permiso - de HUFFPOST RELIGION

Quando você ouve a palavra "mito" associado à Bíblia, qual é o primeiro pensamento que vem à sua mente?

Muitos usam o termo 'mito' num sentido pejorativo, para dar significado de que as histórias descritas não são factualmente verdadeiras. Outros definem o mito nos contos não-históricos, que contém uma mensagem moral. Ambas estas definições perdem na riqueza do termo. Mitologia é uma forma de literatura que expressa verdades fundamentais, de uma forma que o discurso ordinário é inadequado à descrição.

As histórias que compõem os mitos são muitas vezes ancoradas em uma realidade histórica, mas isso não precisa ser assim. A mitologia acrescenta uma riqueza de detalhes e uma concretude à linguagem metafórica. A leitura de histórias bíblicas, como mitologia, me dá a liberdade de compreender o seu significado subjacente, de uma maneira diferente,de uma maneira que eu nunca fiz quando eu era ensinado quando criança, que essas histórias eram factualmente verdadeiras.

Por que a maioria dos estudiosos modernos rejeita a leitura da Bíblia como história, e muito menos como um fato literal?

1. Em uma era de ciência e tecnologia, muito da Bíblia é simplesmente, hoje, inacreditável à mente, e deixa as pessoas distantes das mensagens subjacentes. Do ponto de vista científico, muitos dos "fatos" da Bíblia estão simplesmente errados. Um dos muitos exemplos: de acordo com Gênesis, o universo tem um pouco mais de 6.000 anos de idade. Segundo a física, o Big Bang ocorreu 13,7 bilhões de anos atrás. (...continua...)

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...