Translate

terça-feira, 26 de setembro de 2017

O que o médium iniciante deve observar no Terreiro?



Antes de preocupar-se em aprender os rituais, a finalidade de cada elemento, a letra dos pontos cantados, entre tantas apreensões que lhe vem à mente, o médium iniciante deve priorizar a observância dos relacionamentos humanos no grupo, se há fraternidade e altruísmo, respeito, ética, humildade, educação, asseio pessoal, limpeza, enfim, averiguar se o consórcio mediúnico a que se propõe com a nova corrente tem bases morais sólidas. 

Certo de que esses apontamentos já vinham sendo feito quando ele só frequentava a assistência, mas há de se reforçar que somente um ambiente elevado, de relacionamentos sadios, com propósitos de servir e desbastado de exaltações de egos, bajulações e vaidades pessoais propicia a sustentação vibratória adequada à manifestação dos espíritos benfeitores.

O aspirante a médium da nova corrente deve sentir-se à vontade e confiante. A transparência, o diálogo franco e fraternal, a conscientização da finalidade das tarefas que abraçará, a busca do autoconhecimento e acima de tudo e o acolhimento pelos irmãos da comunidade que cimentarão a relação que se inicia e se espera devem ser de longo prazo.

Obviamente, o dirigente, o chefe de terreiro ou zelador, de uma maneira geral o sacerdote principal, não conseguirá fazer tudo sozinho. Outras funções sacerdotais na comunidade devem estar estruturadas e atuantes, dependendo do tamanho de cada agremiação, como a de diretor de rito, cambono, chefe, mães ou pais-pequenos. 

A hierarquização não deve objetivar colocar uns acima de outros, como mais ou menos importantes, mas demonstrar que, ao se assumir uma tarefa a mais na organização, disciplina e manutenção do Espaço Sagrado, em verdade, tem-se mais deveres e a exigência de dar-se o exemplo de pertencimento ao terreiro.

Há que se considerar que todas as funções desempenhadas no terreiro devem o ser com humildade e com o aval do Plano Espiritual. Àqueles que assumem tarefas além dos passes e dos aconselhamentos espirituais, dedicando-se à formação dos médiuns, estão contribuindo para a expansão da Umbanda com a educação e o preparo de novos trabalhadores.

Tudo o que foi dito até aqui é um pequeno roteiro de observação ao médium iniciante. Procure ainda observar se o dirigente principal, diretor de rito, cambono-chefe e mães ou pais-pequenos são solícitos para a resolução de dúvidas. É impensável uma comunidade terreiro que não tenha o compromisso visceral com a educação, o estudo e a prática, com disciplina, seriedade e trabalho.

- do livro CARTILHA DO MÉDIUM UMBANDISTA

Nenhum comentário: