Translate

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A Gênese: os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo



A Gênese, Os Milagres e as Predições Segundo o Espiritismo - La Genése, les Miracles et les Preditions selon le Spiritisme - ou simplesmente 'A Gênese', é uma obra clássica da literatura espírita, e foi publicada originalmente em 6 de janeiro de 1868.

Nesta obra, Allan Kardec aborda diversas questões de ordem filosófica e científica, como a criação do Universo, a formação dos mundos, o surgimento do espírito, segundo a compreensão espírita da realidade.

No livro Kardec procura estudar os milagres como fenômenos naturais, descrevendo os feitos extraordinários de Jesus Cristo e mostrando, seguindo sua ótica e de seus guias, o que teria realmente acontecido. Ele também se aprofunda no estudo do processo espiritual e físico da criação da Terra e do Universo, de acordo com a visão científica de seu tempo.
Epígrafe: "A Doutrina Espírita é a resultante do ensino coletivo e concordante dos Espíritos. A Ciência está chamada a constituir a Gênese segundo as leis da Natureza. Deus prova Sua Grandeza e Seu Poder pela imutabilidade de Suas Leis, e não pela sua suspensão. Para Deus, o passado e o futuro são o presente".
O presente resumo da Gênese de Allan Kardec é oferecido aos estudantes da Doutrina Espírita, objetivando facilitar a apreensão dos conceitos básicos minuciosamente expostos no livro original. Desta forma, não tem a pretensão de substituir a obra de Kardec, mas apenas prestar um auxílio ao estudante, reproduzindo os conceitos de forma resumida, destacando termos e expressões básicas. As transcrições de trechos de frases originais foram feitas "entre aspas".

Joel Matias - Blumenau, dezembro de 1.992


SINOPSE DOS CAPÍTULOS

1. Caráter da Revelação Espírita

Revelar = "tirar o véu - fazer conhecer o que era secreto ou ignorado; descobrir" A revelação tem por característica a verdade. Se for desmentida por fatos, deixa de ter origem Divina, pois Deus não se engana nem mente.

2. Deus

Existência de Deus - Da natureza divina - A Providência - A visão de Deus.
Existência de Deus - Deus é a causa primária de todas as coisas, a origem de tudo o que existe.

3. O Bem e o Mal

Sendo Deus infinitamente sábio, justo e bom, é evidente que o mal existente não pode Nele ter sido originado. Por outro lado, se existisse um Satanás - personificação eterna do mal -, não podendo ser igual, seria inferior a Deus, logo, teria sido criado por Ele, o que implicaria na negação da bondade infinita do Criador.

4. Papel da Ciência na Gênese

A religião era preponderante na história dos povos antigos, de tal modo que os primeiros livros sagrados continham toda a ciência e as leis civis da época. Sendo imperfeitos seus meios de observação, também incompletas eram as teorias sobre a criação. O desenvolvimento das ciências proporcionou ao homem os dados necessários ao surgimento de uma Gênese positiva e, de certo modo, experimental.

5. Uranografia Geral

"O espaço é infinito". Nossa razão se recusaria a aceitar um limite no espaço além do qual nada existisse. Mais lógico se nos afigura avançar em pensamento eternamente pelo espaço. Entretanto, mesmo que o fizéssemos por séculos a fio, em qualquer direção, na realidade nem um passo estaríamos avançando.

6. Esboço Geológico da Terra

A perfuração de poços, minas e pedreiras, facultou a observação dos terrenos estratificados, o que permitiu à Geologia estudar a origem do globo terrestre como também dos seres que o habitam.

7. Teorias sobre a formação da Terra

Teoria de Buffon: Um cometa teria se chocado com o Sol, causando a projeção de fragmentos incandescentes no espaço, originando assim os planetas, que mantiveram o movimento no sentido do choque primitivo, no plano da eclíptica. Com o resfriamento contínuo, a Terra acabaria por se congelar totalmente em 93 mil anos.

8. Revoluções do Globo

As revoluções gerais ocorreram durante as fases de consolidação da crosta terrestre; são os períodos geológicos que se sucederam de forma lenta e gradual, exceto o período diluviano que transcorreu de forma repentina.

9. Gênese Orgânica

O estudo das camadas geológicas revela que cada espécie animal e vegetal surgiu simultaneamente em vários pontos do globo, bastante afastados uns dos outros, o que atestaria a previdência divina, garantindo condições de sobrevivência apesar das vicissitudes a que estavam então sujeitas.

10. Gênese Espiritual

Decorre do princípio: "Todo efeito tendo uma causa, todo efeito inteligente há de ter uma causa inteligente". As ações humanas denotam um princípio inteligente, que é corolário da existência de Deus, pois não é concebível à Soberana Inteligência a reinar eternamente sobre a matéria bruta. Sendo Deus soberanamente justo e bom, criou seres inteligentes não para lançá-los ao sofrimento e em seguida ao nada, mas para serem eternos, sobrevivendo a matéria e mantendo sua individualidade.

11. Gênese Mosaica

Neste capítulo é comparada a teoria da constituição do Universo, baseada em dados da Ciência e do Espiritismo, com o texto da Gênese de Moisés.

12. Caracteres dos Milagres

Do latim miraculu, milagre significa: algo que supostamente aconteceu e não tem explicação à luz da ciência da época - fato inexplicável - algo que ninguém acredita ser possível. "Um ato do poder divino contrário às leis da Natureza, conhecidas". Para a religião, o milagre tem origem sobrenatural, é inexplicável, insólito, isolado, excepcional. Se uma pessoa estiver aparentemente morta, com vitalidade latente e a Ciência ou uma ação magnética conseguir reanimá-la, para o leigo ocorre um milagre, mas para pessoas esclarecidas trata-se de um fenômeno natural.

13. Os Fluídos

Os fenômenos materiais tidos vulgarmente como milagrosos, foram explicados pela Ciência, tendo em vista as leis que regem a matéria. Quanto aos fenômenos "em que prepondera o elemento espiritual" - não explicáveis unicamente pelas leis da Natureza - encontram explicação nas "leis que regem a vida espiritual".

14. Os Milagres do Evangelho

Jesus foi um mensageiro direto do Criador, um Messias divino; suas virtudes situavam-se em nível muito acima das possibilidades da humanidade terrestre; não estava sujeito às fraquezas do corpo, pois o dominava completamente; seu perispírito foi "tirado da parte mais quintessenciada dos fluídos terrestres".

15. As Predições segundo o Espiritismo

Há muitos casos de predições que se realizaram. O Espiritismo vem mostrar que também este fenômeno ocorre segundo as leis naturais.

16. Predições do Evangelho

Quando ensinava nas sinagogas de sua terra natal - diante do espanto e incredulidade de seus concidadãos - disse Jesus: "Um profeta só não é honrado em sua terra e na sua casa". Com efeito, tanto os sacerdotes e fariseus e mesmo seus parentes próximos não o entendiam, tachando-o de louco.

17. São Chegados os Tempos

Nosso globo está - como todos os outros - sujeito à lei do progresso; progredindo "fisicamente, pela transformação dos elementos que o compõem" e - de modo paralelo - "moralmente, pela depuração dos Espíritos encarnados e desencarnados que o povoam"; quando a Humanidade se torna "madura para subir um degrau, pode dizer-se que são chegados os tempos marcados por Deus".


Mensagem de Emmanuel sobre Kardec

Lembrando o Codificador da Doutrina Espírita é imperioso estejamos alerta em nossos deveres fundamentais. Convençamos-nos de que é necessário:
Sentir Kardec;
Estudar Kardec;
Anotar Kardec;
Meditar Kardec;
Analisar Kardec;
Comentar Kardec;
Interpretar Kardec;
Cultivar Kardec;
Ensinar Kardec e
Divulgar Kardec.
Que é preciso cristianizar a humanidade é afirmação que não padece dúvida; entretanto, cristianizar, na Doutrina Espírita, é raciocinar com a verdade e construir com o bem de todos, para que, em nome de Jesus, não venhamos a fazer sobre a Terra mais um sistema de fanatismo e de negação.


Agora - se assim desejar - você pode ler gratuitamente o livro "A Gênese: os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo", ou ainda adquirir um exemplar clicando aqui.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...