Translate this blog

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Rabindranath Tagore - O Grande Mestre

Rabindranath Tagore (em bengali: রবীন্দ্রনাথ ঠাকুর) nasceu no dia 7 de maio de 1861 e fez sua passagem para o mundo espiritual em 7 de agosto de 1941. Como poeta, romancista, músico e dramaturgo, reformulou a literatura e a música bengali no final do século XIX e início do século XX. 

Como autor de Gitanjali e seus "versos profundamente sensíveis, frescos e belos", sendo o primeiro não-europeu a conquistar, em 1913, o Prêmio Nobel de Literatura. Tagore foi talvez a figura literária mais importante da literatura bengali. 

Foi um destacado representante da cultura hindu, cuja influência e popularidade internacional talvez só poderia ser comparada com a de Gandhi, a quem Tagore chamau "Mahatma" devido a sua profunda admiração por ele.

Tagore já escrevia poemas aos oito anos e com dezesseis anos, publicou sua primeira poesia substancial (Sun Lion) sob o pseudônimo Bhanushingho, escrevendo seus primeiros contos e dramas em 1877. Tagore condenava a Índia britânica e sempre apoiou sua independência. Seus esforços resistiram em seu vasto conjunto de regras e na instituição que ele fundou, a Universidade Visva-Bharati.

Tagore modernizou a arte bengali desprezando as rígidas formas clássicas. Seus romances, histórias, canções, danças dramáticas e ensaios falavam sobre temas políticos e pessoais. Gitanjali (Ofertas de Música), Gora (Enfrentamento Justo) e Ghare-Baire (A Casa e o Mundo) são suas mais conhecidas obras. Seus versos, contos e romances foram aclamados por seu lirismo, coloquialismo, naturalismo e contemplação. Tagore escreveu também os hinos de Bangladesh e Índia - Hino nacional de Bangladesh e Jana Gana Mana.

"No dia em que a flor de lótus desabrochou / A minha mente vagava, e eu não a percebi. / Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida. / Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim. / Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro / De um perfume no vento sul. / Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade. / Pareceu-me ser o sopro ardente no verão, procurando completar-se. / Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim, / Que ela era minha, e que essa perfeita doçura / Tinha desabrochado no fundo do meu coração."

Esse poema mostra o lirismo suave e contido de Tagore; seu nome é "Flor de Lótus".



Rabindranath Tagore nasceu numa família abastada e teve uma educação tradicional. Estudou direito na Inglaterra entre 1878 e 1880. Retornou à Índia e passou a administrar as propriedades rurais da família.

Cedo manifestou sua vocação poética. Seus primeiros versos foram reunidos nos livros "Canções da Noite" e "Canções da manhã". Escrevendo em língua bengali, Tagore experimentou depois quase todos os gêneros literários. Publicou poemas, contos, romances e ensaios. Seus versos têm um tom de cativante humanidade e atraem pela mensagem universal.

Em 1901, Tagore fundou uma escola de filosofia em Santiniketan. Escreveu poemas místicos entre 1902 e 1907, tocado pela morte da esposa e de dois de seus filhos. Alguns desses poemas estão coligidos em sua obra mais conhecida, "Oferenda Lírica", publicado em 1910. A repercussão internacional dessa obra lhe valeu a indicação para o Prêmio Nobel de Literatura, recebido em 1913. Dois anos depois, recebeu o título de cavaleiro britânico.

Rabindranath Tagore tornou-se um escritor de prestígio e passou a receber convites para palestras e encontros em diversos países. Em 1919, renunciou ao título de Sir, em protesto à política inglesa em relação à Índia.

A partir de 1921, Tagore passou a divulgar o ensino da Universidade Internacional de Visva-Bharati, que ajudou a fundar.

A atuação pública de Tagore foi um fator grande da aproximação entre a cultura ocidental e a oriental. Tagore chegou a ser aclamado por Mahatma Gandhi como "o grande mestre".

Rabindranath Tagore teve uma vida longa e iluminada, desencarnou em Bengala, aos 80 anos.



Frases célebres

"Compreendemos mal o mundo e depois dizemos que ele nos decepciona"

"Onde o espírito não teme, a fronte não se curva"

"Há triunfos que só se obtêm pelo preço da alma, mas a alma é mais preciosa que qualquer triunfo"

"Aos que me são queridos, deixo as coisas pequenas. As grandes são para todos"

"Não podes ver o que és. O que vês é a tua sombra"

"Se fechar a porta a todos os erros, a verdade ficará lá fora"

"Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza"

"O meu poema é a resposta da alma ao apelo do universo"

"Nem por crescer em poder chegará o falso a ser verdadeiro"

"O trabalho só nos cansa, se não nos dedicarmos a ele com alegria"

"O único mundo da mulher é o coração do homem"

"Se de noite chorares pelo sol, não verás as estrelas"

"O maior vai de boa mente com o mais pequeno. O medíocre vai sozinho"

"O amor é um mistério sem fim, já que não há nada que o explique"

"O poder infinito de Deus não está na tempestade, mas na brisa"

"Os homens são cruéis, mas o homem é bom"

"A inteligência aguda e sem grandeza tudo fura e nada move"

"É tão fácil esmagar, em nome da liberdade exterior, a liberdade interior"

"Formosura, procura encontrar-te no amor, não na adulação do espelho"

"A falta de amor é um grau de imbecilidade, porque o amor é a perfeição da consciência"

"O homem mergulha na multidão para afogar o grito do seu próprio silêncio"

"A noite abre as flores em segredo e deixa que o dia receba os agradecimentos"

"Cada criança ao nascer, nos trás a mensagem de que Deus
não perdeu as esperanças nos homens
"

Tuite as frases do mestre Tagore para seus seguidores e ajude assim a despertar a humanidade do sono profundo no qual a maioria ainda se encontra!

Namastê!

Tagore e Gandhi
"É hora de partir, meus irmãos, minhas irmãs
Eu já devolvi as chaves da minha porta
E desisto de qualquer direito à minha casa.
Fomos vizinhos durante muito tempo
E recebi mais do que pude dar.
Agora vai raiando o dia
E a lâmpada que iluminava o meu canto escuro
Apagou-se.
Veio a intimação e estou pronto para a minha jornada.
Não indaguem sobre o que levo comigo.
Sigo de mãos vazias e o coração confiante
."


Fontes: Wikipédia - uolEducação - pensador.info

Traga para sua casa a obra de Rabindranath Tagore e ilumine-se através do conhecimento!


Um comentário:

irene disse...

muito bom estou fazendo um trabalho sobre o Tagore, e amei as frases..... parabéns

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...