Translate this blog

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Nostradamus

Michel de Nostredame, mais conhecido sob o nome de Nostradamus, nasceu em 14 de Dezembro de 1503 em Saint-Rémy-de-Provence e foi um dos maiores astrólogos e profetas da historia da humanidade. Tão famoso como controverso e até mesmo contestado, o legado profético de Nostradamus não permite contudo que se possa ignorar o peso da sua obra nos círculos ocultistas e astrológicos.

Nostradamus era filho de Jaumet (ou Jacques) de Nostredame e Reynière (ou Renée) de Saint-Rémy. Nostradamus foi o mais velho de 8 filhos do casal Nostredame. O nome Nostredame vem do seu bisavô judeu, que escolheu o nome de Pierre de Nostredame quando da sua conversão ao catolicismo.

Nas biografias, costuma-se dizer que Nostradamus foi médico, contudo algumas teses mais recentes afirmam que Nostradamus nunca concluiu os seus estudos de medicina, sendo que exerceu antes a profissão de Farmacêutico/Boticário, ao mesmo tempo que estudava e praticava a astrologia e a alquimia. Nostradamus sofria de Epilepsia psíquica, assim como alguns problemas ósseos e pulmunares.

Nostradamus ficou historicamente famoso pelos seus estudos astrológicos, assim como pelos seus dons proféticos. Contudo, se as práticas astrológicas de Nostradamus são fáceis de explicar, ninguém sabe ao certo qual o método que Nostradamus usaria para produzir as suas famosas e admiráveis profecias. Existem alguns relatos do próprio quanto a este método profético, contudo são demasiadamente vagos. Diz-se que Nostradamus teve em sua posse um ancestral livro de saberes proféticos com grande poder, e que depois de escrever a sua ultima profecia o destruiu, por temer que essa obra caísse nas mãos erradas. Não se sabe se isto se trata apenas de uma lenda.

Nos tempos em que a peste negra atingiu a Europa, Nostradamus conseguiu bons resultados na luta contra a peste, em parte através da aplicação de práticas de higiene pública e técnicas de higiene pessoal. No entanto uma tragédia atingiu sua vida. O homem que tantos resultados tinha obtido na sua luta contra a peste negra, acabou sendo vitima da doença da pior forma: perdeu a sua esposa e filhos, que morreram da doença que infestou a Europa naquela época. Ele ficou devastado, e há quem afirme que foi este o ponto de mutação em sua vida.

Nostradamus casou segunda vez com Anna Gemella, e teve 6 filhos. Foi então que se dedicou séria a aprofundadamente aos estudos astrológicos e às artes proféticas. Começou a escrever as suas Centúrias, ao mesmo tempo que alcançou boa fama e muito dinheiro por publicar anualmente almanaques astrológicos, o que fez por mais de dez anos, ganhando considerável fortuna.

Os Almanaques da Nostradamus versavam desde estudos astronômicos a astrológicos. Os dados astronômicos continham informações preciosas para os agricultores e as suas colheitas, ao passo que as previsões de astrologia desvendavam as influencias astrológicas dos astros sobre este mundo; o que constituía um instrumento precioso para a burguesia, para os mercadores e homens de negócios, que procuravam antecipar tanto vantagens como obstáculos, de forma a prosperar nas suas atividades.

Por tudo isso, o sucesso dos almanaques de Nostradamus foi estrondoso, tanto junto da classe rural mas letrada, como da classe burguesa e urbana, e mesmo das classes nobiliárquicas. Nostradamus ganhou assim uma sólida reputação. Diz-se contudo que a sua dor pela perda da sua primeira esposa e filhos, levou-o a aprofundar os conhecimentos esotéricos e ocultistas. Há quem afirme que secretamente, Nostradamus procurava contactar com os falecidos e amados familiares.

Seja como for, Nostradamus trabalhava arduamente de dia dando consultas a todos os que procuravam sua sabedoria astrológica, enquanto de noite se refugiava em seu estúdio, para praticar suas artes esotéricas. Neste estúdio, rodeado de ancestrais livros secretos e instrumentos místicos, por longas noites, escorreram pela sua pena as revelações escritas nas suas famosas centúrias.

Nostradamus sempre afirmou que as suas profecias não se tratavam de eventos fatalmente destinados a concretizarem-se, mas antes constituíam um aviso à humanidade. Nostradamus afirmava que os trágicos eventos por ele profetizados podiam não suceder. Contudo, Nostradamus também avisava que se a humanidade não alterasse seu comportamento, os terríveis destinos previstos pelas suas visões viriam a se tornar realidade.

O livro de centúrias escrido por ele contém versos codificados que seriam previsões do futuro. Alguns defendem que as mensagens de Nostradamus não estão codificadas, mas antes são revelações proféticas oferecidas por espíritos, e que todas as visões proféticas são por natureza altamente simbólicas. Outros encontram na historia o motivo da codificação das mensagens proféticas de Nostradamus.

No período histórico em que Nostradamus viveu, qualquer pratica ocultista ou mística, era considerada herética e demoníaca pela Inquisição Católica. A inscrição das revelações proféticas em versos, oferecia então ao público um poema aparentemente infensivo, livrando assim Nostradamus do martelo da Inquisição, famosa pelas suas hediondas torturas e mortes injustificadas. Entretanto, nem mesmo este instrumento poético salvou Nostradamus da perseguição da Inquisição, e não fosse a influencia protetora da rainha, Catarina de Médicis, Nostradamus teria certamente acabado na fogueira.

As previsões de Nostradamus revelam eventos que vieram a tornar-se realidade. Entre tais eventos, podemos enumerar:

I. A previsão da morte do rei Henrique II com detalhes

II. Previsão acertada da vida e existência de Napoleão, com detalhes físicos descritivos de um chefe de estado séculos antes do seu nascimento

III. A fundação dos Estados Unidos da América, 500 anos antes da sua ocorrência

IV. Previsão acertada da 1ª e 2ª guerra mundial

V. A previsão do nascimento e vida de Hitler, com o detalhe de ter acertado no nome de uma figura histórica 5 séculos antes dela nascer

VI. A invenção das armas nucleares, submarinos, helicópteros e aviões

VII. O assassinato de Kennendy

VIII. Após ocorrência da 2ª guerra mundial uma outra 3ª catástrofe de escala mundial (a qual todos nós Guerreiros da Luz lutamos para que não venha a se tornar realidade)

Há quem afirme que o atentado de 11 de Setembro também se encontra previsto nas centúrias de Nostradamus, contudo neste ponto existe muita controvérsia, pois ultimamente parecem ter aparecido alguns escritos adulterados.

Fato

Até hoje, as previsões de Nostradamus tem-se verificado infalíveis.

Nostradamus teve contato com três reis de França (Henrique II, Francisco II e Carlos IX); e graças a rainha Catarina de Médicis, esposa do primeiro e mãe dos seguintes, Nostradamus ganhou a preferência da rainha, pois previu com exatidão a morte do rei, assim como o futuro de todos os filhos da monarca, sem falhar em nenhuma circunstância.
Por ultimo, Nostradamus previu sua própria morte, e como sempre, não falhou, fez sua passagem para a esfera espiritual em 2 de julho de 1566, em Salon-de-Provence, vítima de um edema cárdio-pulmonar.

Acertou a data de sua própria morte, e deixou um legado profético tão famoso, como contestado e polêmico. No entanto, ninguém poderá negar que Nostradamus foi um dos maiores astrólogos e profetas da história da humanidade.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...