Translate this blog

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Umbanda 2.0

Pai Fernando
Todo mês o Pai Fernando, do Terreiro do Pai Maneco, em Curitiba, PR, publica no site oficial do terreiro sua opinião. Desde 2007 ele discute vários assuntos de interesse geral, sempre ligando à nossa querida Umbanda, a religião 100% brasileira. Além das impressões pessoais do Pai Fernando, o site do Terreiro Pai Maneco disponibiliza também um conteúdo riquíssimo, com textos sobre a religião, espiritismo, pontos cantados para download, além de imagens dos belos rituais de Umbanda praticados no Paraná e eventos ligados ao terreiro. Pra quem não conhece vale uma visita: http://www.paimaneco.org.br/

O Fernando também mantém um blog, o Blog do Pai Maneco. No dia de São Jorge, em 23 de abril passado, o Pai Fernando havia suspendido as publicações, talvez pela grande demanda de comentários, que jamais ficaram sem a devida resposta. O blog tornou-se quase que uma Gira on-line, exigindo muito do Fernando blogueiro... e ele resolveu dar um tempo... Não é fácil dirigir um terreiro com sessões públicas diárias e ainda blogar todos os dias.

Mas estamos no raiar da Era da Informação, do Conhecimento, e o Fernando, ligado em tecnologia como é, não resistiu ficar off-line muito tempo. Exatamente 5 meses depois ele volta com a blogagem. Se você gosta de Umbanda, ou tem curiosidade sobre o tema, sendo ou não seguidor da religião, não deixe de seguir o Blog do Pai Maneco: http://paimaneco.blogspot.com/. Tenho certeza que será uma experiência deveras interessante, afinal o saber, como o espírito, não ocupa espaço.

Com um site maravilhoso, de conteúdo relevante, e um blog que preza pela interatividade com seus leitores, o Pai Fernando é um dos pioneiros de uma nova forma de fazer Umbanda; a Umbanda que nós ligados em tecnologia queremos, a Umbanda 2.0, democrática, acessível a todos. A seguir transcrevo a opinião do Fernando, de outubro de 2010 - um ensaio sobre a Umbanda 2.0 e seu papel dentro das Mídias Sociais - a qual gostei muito e compartilho com vocês:

Outubro 2010

O Presidente Lula ensinou que antigamente os políticos ganhavam uma eleição nos palanques dos comícios públicos, mas hoje eles ganham na internet. Essa é uma declaração de um homem publico e por isso deve ser analisada com carinho.

Já faz algum tempo que tenho batido na tecla que a Umbanda tem que mudar sua política para que ganhe o respeito do povo brasileiro. A importância das reclamações do preconceito contra nossa religião, os desfiles organizados e ações de repudio àqueles que nos marginalizam têm um peso importante na opinião publica, mas entendo que isso é muito pouco. O Presidente indicou sabiamente o caminho do sucesso: a internet.

Para quem já tem um bom período da Umbanda e acompanha seu desenvolvimento sabe que cada vez o preconceito diminui e procura pelos Terreiros é cada vez maior. Tenho noticias sólidas que em todo o Brasil o nosso espaço está cada vez maior e aqueles que nos agridem estão ganhando o repudio da população pacifica, mesmo daqueles que professam religiões diferentes.

Acho que os que não conhecem a Umbanda precisam saber quem somos e o que fazemos. Nada melhor que ouvir o que seus adeptos pensam. Como fazer isso? Volta a voz presidencial dizendo que a internet é o caminho. O twitter, facebook, orkut são as ferramentas escolhida pelos políticos. Nele as discussões e declarações são acaloradas e os veementes excitam seus leitores com palavreados inteligentes que agem como setas envenenadas àqueles que não rezam pelo seu partido político e como premio querem ganhar os votos nas eleições que lhes garantirão por um bom tempo polpudos salários.

O pior é que pessoas, mesmo não sendo políticas, usam dessas ferramentas para discutirem assuntos triviais e que podem levar irmãos ao desentendimento. Isso não é regra, mas mal usado acaba nesse caminho. Eu prefiro o blog, não só por ser mais reservado e com direito a comentário maldoso ser recusado. Isso faz do mediador um fiscal do bom senso e um defensor da harmonia.

Os Blogs não foram criados para servir aos briguentos e maus humorados. Ao contrário, dirigido com inteligência é um veiculo propagador da fé e do respeito. São mais pessoais do que um site, muito embora estes também sejam interessantes, pois é uma forma democrática de expor e divulgar um assunto com total independência. Tanto um blog como um site, para ter aceitação, deve ser limpo, inteligente, bem escrito e com matérias organizadas de tal forma que os leitores fiquem presos aos temas apresentados. É uma forma de mudar a defesa da Umbanda, pois ao contrário de dizer o que a Umbanda é está sendo revelado como os umbandistas são.

Essa é a Minha Opinião!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...