Translate

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Salmo LII: "O julgamento do injusto"




Leia o Salmo 52 para se prevenir contra opressão, tristeza, descrença e qualquer tipo de maldade.

É um salmo muito poderoso contra as injustiças e falsidades. Confie em Deus!

A confiança na justiça de Deus necessariamente tem dois lados. Todos que se consideram justos. Todos desejam a proteção e as bênçãos de Deus pai, mas poucos acreditam de fato no outro lado da moeda, na punição dos ímpios.

Esse Salmo foi escrito em resposta à maldade de Doeque, edomita e servo do rei Saul. Doegue viu Davi em Nobe, quando este pediu a ajuda dos sacerdotes de Deus. Esse edomita foi correndo para avisar o rei do paradeiro do fugitivo. Saul foi até Nobe e mandou a execução dos 85 sacerdotes e de todos os moradores da cidade. Quando seus guardas recusaram obedecer a ordem do rei, o próprio Doegue o fez. 

Um dos filhos do sacerdote Aimeleque fugiu e avisou Davi da matança. Davi se sentiu responsável pela tragédia, mas também considerou Doegue especialmente culpado. Nessa ocasião, ele fez a oração registrada como Salmo 52.

Salmo 52

1 Por que te glorias na malícia, ó homem poderoso? pois a bondade de Deus subsiste em todo o tempo.

2 A tua língua maquina planos de destruição, como uma navalha afiada, ó tu que usas de dolo.

3 Tu amas antes o mal do que o bem, e o mentir do que o falar a verdade.

4 Amas todas as palavras devoradoras, ó língua fraudulenta.

5 Também Deus te esmagará para sempre; arrebatar-te-á e arrancar-te-á da tua habitação, e desarraigar-te-á da terra dos viventes.

6 Os justos o verão e temerão; e se rirão dele, dizendo:

7 Eis aqui o homem que não tomou a Deus por sua fortaleza; antes confiava na abundância das suas riquezas, e se fortalecia na sua perversidade.

8 Mas eu sou qual oliveira verde na casa de Deus; confio na bondade de Deus para sempre e eternamente.

9 Para sempre te louvarei, porque tu isso fizeste, e proclamarei o teu nome, porque é bom diante de teus santos.

Nenhum comentário: