Translate this blog

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Orações ao Povo Cigano de Umbanda

Durante a 2ª guerra mundial, famílias inteiras de ciganos foram encerradas em uma ala do campo de Birkenau - Auschwitz II - pelos nazistas. A maior parte foi para as câmaras de gás em julho de 1944. Birkenau é o campo de concentração nazista que a maior parte das pessoas conhece como Auschwitz. Ali se encerraram centenas de milhares de judeus e ali também foram executados mais de um milhão de judeus e ciganos.

Em 10 de outubro do mesmo ano, os meninos destas famílias ciganas foram barbaramente exterminados, na câmara de gás em Birkenau, pelos carrascos genocidas que seguiam a Adolf Hitler, que foi o maior criminoso de guerra da história contemporânea.

As câmaras de gás do Birkenau foram destruídas pelos nazis em novembro de 1944, com a intenção de esconder as atrocidades cometidas no campo das tropas soviéticas que se aproximavam. Em 17 de janeiro de 1945 os nazistas iniciaram uma evacuação em massa do campo.

A maioria dos prisioneiros, em sua grande maioria ciganos e judeus, deveria partir para o oeste. Aqueles muito fracos para caminhar foram deixados para trás. Perto de 7.500 prisioneiros, pesando entre 23 e 35Kg, foram liberados pelo Exército Vermelho em 27 de janeiro de 1945.

Por isto hoje posto orações à Santa Sara Kali e ao Povo Cigano que tarbalha na Umbanda. Se no passado estes ciganos sofreram os horrores da guerra e a ira de um ditador lunático, hoje trabalham na Lei de Umbanda, ajudando a todos que os procuram.

O Povo Cigano tem um dom, de saber olhar profundamente nos olhos, e ler a mente e a alma do outro. A partir daí, e com o conhecimento da quiromancia, conseguem se integrar ao campo vibracional e lê o passado e o futuro do consulente.

Quem começa a ler a mãos dos outros apenas a partir de um estudo das linhas da mão, não conseguirá acessar toda verdade a ser dita. Por outro lado, a cigana não terá permissão do astral para falar tudo o que sabe.

Esta arte, é muito útil para os ciganos que já tem seus espíritos esclarecidos para trabalhar no astral junto com os Benfeitores da Luz, e inclusive na Umbanda, em geral chegando na vibração do Povo de Oriente, quando evoca-se o Orixá Xangô, ou Almas, caminhando frequentemente com os Pretos Velhos da Umbanda, e ainda na que se chama Linha da Esquerda, na vibração dos Exus.

Esta falange abençoada integrou-se perfeitamente à Umbanda, porque milenarmente aprendeu a respeitar a Mãe Natureza e os seus ciclos, sua Energia, sua vibração.

Minha intenção de hoje é de, através desta postagem, mostrar publicamente meu agradecimento, à Santa Sara e ao Povo Cigano. Esta maravilhosa falange espiritual que tanto nos ajudou, ajuda e ajudará, trazendo clarividência, proteção, beleza, liberdade, alegria e riqueza, material e espiritual.

Saravá o Povo Cigano, viva Santa Sara Kali, Opcha!


Oração, em Romanês, à Santa Sara Kali

Manglimos Katar e Santa Sara Kali Tu Ke San Pervo Icana Romli Anelumia Tu Ke Biladiato Le Gajie Anassogodi Guindiças Tu Ke daradiato Le Gajie, Tai Chudiato Anemaria Thie Meres Bi Paiesco Tai Bocotar Janes So Si e Dar, E Bock, Thai O Duck Ano Ilô Thiena Mekes Murre Dusmaia Thie Açal Mandar Thai Thie Bilavelma Thie Aves Murri Dukata Angral O Dhiel Thie Dhiesma Bar, Sastimôs Thai Thie Blagois Murrô Traio Thie Diel O Dhiel.

Tradução:

Tu que és a única Santa Cigana do Mundo. Tu que sofrestes todas as formas de humilhação e preconceitos. Tu que fostes amedrontada e jogada ao mar. Para que morresses de sede e de fome. Tu sabes o que é o medo, a fome, a mágoa e a dor no coração. Não permitas que meus inimigos zombem de mim ou me maltratem. Que Tu sejas minha advogada perante à Deus. Que Tu me concedas sorte, saúde e que abençoe a minha vida. Assim seja!

Oração à Santa Sara em louvor a todos os ciganos

Opacha, Opcha, minha Santa Sara Kali,
mãe de todas as tribos ciganas dessa Terra ou do além túmulo.
Mãe de todos os ciganos e protetora das carruagens ciganas.

Rezo invocando teu poder, minha poderosa Sta. Sara Kali,
para que abrande meu coração e tire as angústias que depositaram aos meus pés.

Santa Sara me ajude.
Abra meus caminhos para a fé no teu poder milagrosos.
Venceste o mal, todas as tempestades e caminhou nas estradas que Jesus Cristo andou.

Mãe dos mistérios ciganos que dá força a todos os ciganos no dom da magia,
me fortaleça agora, sendo eu cigano ou não cigano, bondosa.

Santa Sara,abrande os leões que rugem para me devorar.
Santa Sara, afungente as almas perversas para que não possam me enchergar.
Ilumine minha tristeza para a felicidade chegar, Rainha.
Atravesaste as águas dos rios e do mar por cima delas e não afundaste,
eu invoco teu poder para eu não afundar no oceano da vida.

Santa Sara, sou pecador, triste, sofrido e amargurado.
Me traga força e coragem, como dás ao Povo Cigano, teus protegidos,
Mãe, Senhora e Rainha da Festas Ciganas.
Nada se pode fazer numa Tenda Cigana sem primeiro invocar teu nome,
e eu invoco pelo meu pedido Santa Sara Kali.

Tocam os violinos, caem as moedas,
dançam as ciganas de pés descalços em volta da fogueira,
vem o cheiro forte dos perfumes ciganos, as palmas batendo,
louvando o Povo de Santa Sara Kali.

Que o Povo Cigano me traga riquezas, paz, amor e vitórias.
Agora e sempre louvarei teu nome Santa Sara Kali e todo Povo Cigano.

Opcha, opcha Santa Sara Kali! Salve, salve, salve!

Oração da tradição cigana à Santa Sara (em Romanês)

Tu ke san pervo icana romli anelumia
Tu ke biladiato le gajie anassogodi guindiças
Tu ke daradiato le gajie, tai chudiato
Anemaria, thie meres bi paiesco tai bocotar
Janes so si e dar, e bock, thai e duck ano iló
Thiená mekes murre dusmaia thie açal
Mandar thai thie bilavelma
Thie avez murri dukata angral o Dhiel
Thie dhiesma bar sastimós
Thai thie blagois murró traio

Um comentário:

Anônimo disse...

Vendo essa placa aí da entrada de Auschwitz cheguei a conclusão que realmente o trabalho liberta, quando trabalhamos para nós mesmos. ou para outros sem vínculo empregatício, tipo freela.

Quando trabalhamos pra enriqucer os outros, dando preciosas horas de nossas vidas por um salário medíocre, enquanto o patrão ou a patroa enriquece e a gente fica na mesma, bom aí é uma espécie bizarra de escravidão moderna.

Excelente postagem!

Saravá o Povo Cigano e viva Santa Sara. Opcha!