Translate

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Xangô ✡ São João Batista ✡ 24 de junho

Xangô é sincretizado com São Jerônimo, São Pedro e São João Batista. Seu poder se manifesta na pedreira, é o Senhor da justiça. 

Seu símbolo é o machado de duas faces, significando que o machado tanto protege seus filhos das injustiças como os punem quando as cometem, bem como, a Estrela de 6 pontas cujo símbolo é em si o poder equilibrador do Universo.


A Lenda de Xangô
Segundo a mitologia ancestral do Candomblé

Quando Deus Criou os Estados exteriores da Criação, o Primeiro foi o vazio (Exu), o Segundo estado foi o Espaço em si mesmo (Oxalá) e o Quarto Estado da Criação exterior foi o equilíbiro de tudo e de todos (Xangô). Como em Olorum (Zambi), não se pode dizer quem foi o primeiro a ser exteiorizado, nós umbandistas preferimos amá-los e ponto final.

Tudo trata-se de ângulos de visões religiosas, pois o poder de Olorum que equilibra todo o Universo que faz par com o estado purificador (Kali-yê), é chamado de Xangô na religião umbandista, ou seja, na Umbanda não o adoramos como um deus com características humanas, mas sim, como o poder equilibrador de Olorum manifestado em seu exterior.

Cor: marrom e vermelho.

Saudação: Kao-Kabelecilie-Obá


Um comentário:

Anônimo disse...

Salve ó Bandeira Branca, Salve São João Batista, Salve estrela de David, e seus seis lados, Kaô!
Salve Mestre Jesus, Buda, Santa Maria Madalena, Santa Sara Kali, São Lázaro,
Salve todos os Arcanjos, Serafins, Querubins e Anjos protetores que nos auxiliam neste momento, nesta corrente de luz,
Rogai por nós ao Arquiteto do Universo, Alá, em nosso favor, e levai ao conhecimento do Pai Supremo o pedido que lhes fazemos neste momento (mencionar o pedido) para que seja aceito.

São Miguel, São Rafael, São Gabriel, Baltazar, Gaspar e Melchior, Reis do Oriente,
Venham nos ajudar forças ancestrais egípcias, chinesas, indianas, árabes, ciganas, beduínos, videntes, santos e profetas, através da magia de ponto, de pó, e astrologia, pura manifestação das almas batizadas em águas sagradas.

Salve o Povo do Oriente!