Translate

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Credo † Creio




Outro dia postei aqui no blog o Credo Umbandista, acontece que teve gente que nem sabia o Credo Católico, original, que fala na ressureição da carne. O credo é uma fórmula doutrinária ou profissão de fé. No catolicismo, também é conhecido como símbolo dos apóstolos. A palavra tem origem na palavra credo, do latim, que significa creio.

O credo era a princípio uma proclamação batismal enunciada pelo catecúmeno, contendo as proposições objeto da fé na qual estava sendo admitido o batizado, iniciado na fé cristã. Em 325, no Primeiro Concílio de Niceia, foi editado e passou a ser uma síntese dos dogmas da fé Católica. A primeira formulação do tipo credo encontra-se no original de uma carta [c. 325] do bispo Marcelo de Ancira. De uma tradução, com algumas alterações, do credo de Ancyra se deriva o credo latino ainda hoje adotado (veja Panarion).

Segundo a fonte desta pesquisa, Wikipédia, existem ainda outras variações do credo: o de Santo Atanásio de Alexandria (295-373), o da Igreja bizantina (381), egípcia (370), o de Justino Mártir (150), o Credo Niceno e outros. O papa Bento VIII, no ano de 1020, introduziu o uso do credo na Missa.

Segundo uma antiga tradição, os doze apóstolos, reunidos em Jerusalém, teriam estabelecido em comum os rudimentos da nova fé, cada um ditando seu artigo. Essa versão era recitada pelos novos cristãos no momento do Batismo, e ficou conhecida como credo apostólico.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...