Translate this blog

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Por que?


Eu tenho te chamado tão frequentemente e tu não Me tens ouvido.
Eu tenho Me mostrado a ti tão frequentemente e tu não Me tens Visto.
Eu tenho exalado minha fragrância tão frequentemente e tu não Me tens sentido.
Tenho sido um alimento saboroso, e tu não Me tens provado.

Por que não Me podes alcançar através do objeto que tocas
Ou Me respirar através de doces perfumes?
Por que não Me vês? Por que não Me escutas?
Por quê? Por quê? Por quê?

(Ibn' Arabî)

Nenhum comentário: