Translate this blog

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Psicologia :: Abraçando a Sombra

Diz Jung, no primeiro século depois de Cristo houve filósofos, como Carpócrates, que sustentavam que o menor de nossos irmãos, o homem inferior, somos nós próprios; logo, esses filósofos leram diretamente o Sermão da Montanha no nível subjetivo. 

Por exemplo, ele (Carpócrates) disse...

"se levares tua oferta ao altar e lá te lembrares de que tens algo contra -ti mesmo-, deixa então tua oferta e vai-te; primeiro reconcilia-te -contigo mesmo- e depois vem e oferece tua dádiva."

"Reconcilia-te com teu adversário enquanto estiveres a caminho" 
                                                                                                                     (Cristo Jesus)

Quem é meu adversário maior? EU MESMO!!

Enquanto continuar culpando, projetando no outro minha própria 'Sombra', minha vida não 'anda'. Nosso Inconsciente, que compõe o arquétipo Sombra, não aceita ser negligenciada, relegada ao esquecimento. Ficaremos presos a um circulo vicioso de auto sabotagem, onde atraímos fatos e pessoas que só alimentaram dor e sofrimento.

Quando começo integrar minha própria Sombra, começo meu Processo de Individuação, de me tornar 'Eu Mesmo', Ser singular e único, o mais inteiro e completo possível.

Primeiro que tudo, o encontro com o 'Self' se constitui, na verdade, em uma derrota para o ego; porém, com perseverança, das trevas nasce a luz. A pessoa depara com a 'Unidade Imortal' que fere e cura, que derruba e ergue, que engrandece e apequena - em uma palavra, com a Unidade que torna a pessoa como um todo." (Edinger – O Encontro com o self).

"Se alguém quiser ser meu seguidor, deixe para trás o seu eu; tome sua cruz e siga-me. Porque aquele que se preocupar com sua própria segurança estará perdido; mas quem se deixar perder por minha causa achará seu verdadeiro eu. Que benefício terá um homem se ganhar o mundo inteiro às custas da perda de seu verdadeiro eu?" (Mateus)

Se for permitido o uso de termos psicológicos, a frase poderia ser "...mas quem perder o ego por minha causa encontrará o Si-mesmo". (Edinger).



Nenhum comentário: